Neto: "vamos entrar em campo pra 'matar' os caras aqui"


Neto fará sua quinta partida com a camisa do Bahia

O clima é outro e não podia ser diferente. São três jogos de invencibilidade, com duas vitórias seguidas. E assim, cheio de empolgação, o Bahia encara o Atlético Mineiro nesta quarta-feira (5), às 19h30, em Pituaçu. Duelo para tentar embalar de vez na competição e mandar para longe a conversa de rebaixamento.

O discurso dos jogadores reflete bem qual será a postura da equipe no confronto de logo mais. O lateral Neto manda o recado. “A nossa mentalidade é outra. Temos que olhar para frente e não pensar mais no rebaixamento”, avisa. Depois, Neto faz questão de falar sobre o adversário mineiro. “É o líder do campeonato, e aí? Vencemos dois grandes times nas últimas rodadas. Vamos entrar em campo pra ‘matar’ os caras aqui”, afirma, confiante.

A equipe será praticamente a mesma que derrotou o São Paulo por 1×0 no domingo. São duas mudanças forçadas. Romário entra na lateral esquerda. Recém-contratado, o jogador de 20 anos substitui o garoto Jussandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Lulinha herda a vaga de Gabriel no ataque.

Pressão – A partida nem começou e a arbitragem já é motivo de polêmica. A diretoria do Bahia está preocupada com pressão sobre os árbitros devido às declarações do presidente do Galo, Alexandre Kalil, que criticou a arbitragem na derrota de 1×0 para o Corinthians, quando o Atlético teve um gol anulado. Marcelo Filho responde. “O Bahia também já foi prejudicado e esperamos que não haja pressão no juiz”.

Empolgado, Bahia busca a terceira vitória seguida diante do Atlético