Real Madrid envia diretor ao Brasil para fechar com Neymar, diz jornal


Um dos 23 indicados pela Fifa ao prêmio de melhor do mundo de 2011, Neymar voltou às páginas da imprensa espanhola nesta quarta-feira: segundo o jornal “El Confidencial”, o Real Madrid enviou o diretor esportivo Miguel Pardeza e o advogado Javier López Farré a São Paulo para fechar o contrato do craque santista com o clube merengue.

De acordo com a reportagem, o Real chegou a um acordo com o Santos para ter Neymar depois das Olimpíadas de 2012 e pagará € 56 milhões (R$ 132 milhões).  A viagem do diretor e do advogado seria o primeiro passo para a concretizar a negociação.

O “El Confidencial” diz ainda que o craque receberá € 6 milhões (R$ 14 milhões) por ano, tendo assim o terceiro maior salário do Real (atrás apenas de Cristiano Ronaldo e Kaká). Mas o atacante poderá faturar mais € 4 milhões (R$ 9,4 milhões) por temporada de acordo com ações de marketing e títulos.

Para vencer a concorrência com o Barcelona, o presidente Florentino Pérez teria contado com a ajuda de Ronaldo, ex-camisa 9 do Real, e, segundo o jornal, fará um depósito de € 20 milhões (R$ 47 milhões) até o final do ano para o Santos.

O diário de Madri diz ainda que os representantes do Real aproveitarão a viagem ao Brasil para observar outros jovens jogadores. Principalmente Lucas, do São Paulo. De acordo com a reportagem, José Mourinho está encantando com o futebol do são-paulino mas o preço pedido pelo Tricolor seria alto demais: € 60 milhões (R$ 141 milhões).