Futebol

Vitória adere a programa emergencial e diminui dívida em mais de R$ 57 milhões

Valor que o clube baiano deve agora é de R$ 59.753.782,16, que vai ser pago parcelado em 145 ou 60 parcelas mensais (fiscal ou previdenciário)

Redação iBahia
01/07/2022 às 11h13

1 min de leitura
Foto: Victor Ferreira / E.C Vitória

O Vitória anunciou na quinta-feira (30) que aderiu ao Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE) e renegociou o débito de R$ 117.059.633,90 com a Receita Federal e conseguiu um desconto de R$ 57.304.851,74.

Com o abatimento, o valor que o clube baiano deve agora é de R$ 59.753.782,16, que vai ser pago parcelado em 145 ou 60 parcelas mensais (fiscal ou previdenciário) de R$ 255.175,63. As primeiras parcelas foram pagas nos dias 29 e 30 de junho.

Agora o Vitória volta a ficar habilitado a retirar Certidão Negativa de Débito junto à Receita Federal do Brasil. A certificação pode ajudar o clube a encontrar novas receitas e incentivos fiscais.

O Vitória tem vivido uma crise financeira nos últimos anos que aumentou após o rebaixamento para Série C, em 2021. Em entrevista recente, o presidente do clube, Fábio Mota, afirmou que o Rubro-negro está “vivendo de doação”.

Leia mais sobre Esportes em iBahia.com e siga o portal no Google Notícias