E. C. Vitória

Vitória perde de goleada para o Santa Cruz na estreia

Vitória não conseguiu segurar o Santa no Arruda, em Recife

Redação iBahia
15/05/2016 às 13h34

3 min de leitura
O primeiro duelo nordestino entre Vitória e Santa Cruz deu vantagem aos pernambucanos na estreia do Leão, na série A do Campeonato Brasileiro. O Vitória perdeu por 4 a 1 no Arruda, em Recife.
O primeiro lance de perigo do jogo foi rubro-negro. Logo aos seis minutos, José Welison fez bom cruzamento pela direita e Kieza se antecipou à defesa, mas acabou mandando pra fora. Dono das principais investidas ofensivas, o Vitória teve nova chance pouco tempo depois, após confusão na área dos donos da casa. Kieza não conseguiu finalizar, mas a bola sobrou pra Leandro Domingues. O veterano titubeou, não bateu de primeira e o goleiro Tiago Cardoso conseguiu travar o lance.  
O Santa Cruz não assustava, mas conseguiu balançar a rede na primeira vez que se lançou ao ataque. Aos 28 minutos, Grafite anotou uma pintura. O atacante recebeu lançamento de Uillian Correia na área, deu uma tabaca desconcertante no zagueiro Victor Ramos a bateu com categoria na saída do goleiro Fernando Miguel, que fez a primeira partida da carreira na Série A: 1×0.   
O Vitória sentiu o gol adversário e caiu de rendimento. Já a equipe coral ganhou fôlego extra nos últimos minutos do 1º tempo. Aos 39, Keno teve a chance de ampliar, quando ganhou a bola, avançou e tocou na saída de Fernando Miguel, mas a redonda caprichosamente foi pra fora. 
Keno não assinou o segundo gol, mas serviu o autor dele. Aos 43 minutos, deu passe açucarado pra Grafite marcar, de cabeça, mais uma vez. A defesa do Vitória cochilou, deixou o centroavante livre e viu o placar piscar novamente: 2×0 no Arruda.   
O segundo tempo reservou mais gols ao torcedor. Os rubro-negros esperaram até os 34 minutos pra comemorar o primeiro gol do Vitória na Série A. Alípio cobrou falta, Diego Renan tentou empurrar pra rede, mas parou na defesa do goleiro.
Aos 34 minutos, Alípio cobra falta, Diego Renan tenta, mas Tiago Cardoso defende. Kieza, de frente para o gol, estufou as redes no rebote. O Vitória diminui a vantagem do Santa Cruz. Porém, logo em seguida, em cobrança de pênalti, Kenu marcou o quarto gol.
Correio24horas