Fitness

Ronaldinho Gaúcho deve abrir rede de academias no Brasil

A pretensão é abrir 500 unidades no Brasil, incluindo a Bahia, e, especialmente Salvador. Assim, mais de 2.000 novos empregos em Educação Física serão gerados nos próximos anos

Redação iBahia
- Atualizada em

Uma nova rede de franquias de academia funcional, a R OneGym, que tem Ronaldinho Gaúcho como acionista, pretende abrir 500 unidades no Brasil. Assim, mais de 2.000 novos empregos em Educação Física serão gerados nos próximos anos.

A empresa promove uma palestra ao vivo todas as sextas-feiras, ao meio dia, pela internet e uma reunião mensal presencial com investidores em diversas cidades. “Os próximos eventos serão em Salvador, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, Dubai e Barcelona”, explica Marcelo Toledo, diretor de Expansão da rede para a América Latina, Europa e Oriente Médio. “Estamos recebendo currículos pelo link  www.franquiasronaldinho.com.br e informações sobre as franquias pelo What’s App 11 9 5877 7000”, esclarece Toledo.

De acordo com a Associação Brasileira de Academias (ACAD), atrás apenas dos EUA, o Brasil tem potencial de crescimento no mercado fitness, baseado na segmentação e fidelização. São mais de 8 milhões de alunos matriculados em academias, o que gera uma receita de US$ 2,5 bilhões e um crescimento do negócio de 10% ao ano. Com essa perspectiva,