Beleza

Bumbum saudável! Conheça cuidados e procedimentos indicados para manter região em dia

Bumbum care é a rotina queridinha do momento

Redação iBahia
30/04/2022 às 10h47

3 min de leitura

Manter uma rotina de cuidados de beleza é essencial, não só voltada para o rosto, como para o corpo inteiro. E para além dos famosos skincare e body care, existe uma região também que merece bastante atenção: o bumbum.

Segundo a nutricionista e fisioterapeuta dermatofuncional Carolina Dias, o bumbum care vem ganhando espaço entre aqueles que não vivem sem os rituais de beleza. “O bumbum care vem ganhando cada vez mais espaço com tratamentos que cuidam de diversas necessidades, que vão desde foliculite e peeling à firmeza da região. A saúde do bumbum nunca esteve tão em alta”, afirmou a profissional.

Após os 20 anos de idade, a mulher perde cerca de 1% de colágeno por ano. Se, aos 20, a maior preocupação é manter a pele tonificada e lisinha, a partir dos 30, o foco muda para volume e elasticidade. Em ambos os casos, o ideal é focar na hidratação, pois ela ajuda em tudo. Massagens, drenagens, esfoliação e até escovação a seco – ritual que ajuda a estimular a circulação – são sempre bem-vindos.

Por ser uma região que lida com o acúmulo de suor, exposição à impurezas e atrito com roupas apertadas, o bumbum pode apresentar foliculite, alergias e hiperpigmentação. Dessa forma, todo cuidado com a área é pouco.

“O fato de passarmos bastante tempo sentados também interfere. Colocamos todo o peso em cima dessa região e, pelo atrito e peso, o bumbum acaba sendo mais propenso à formação de foliculites e as mudanças de formato”, complementou Carolina.

Além dos procedimentos para tratar o local, a profissional ainda ressaltou a importância da alimentação para a saúde do bumbum: “Alimentação é extremamente importante para o tratamento e também para manter o resultado com o uso de alimentos anti-inflamatórios. Toda alimentação influencia na pele, uma vez que ela é o maior órgão do nosso corpo. E quando comemos muitos alimentos gordurosos, acabamos produzindo mais sebo nas glândulas sebáceas, então acabamos desenvolvendo acne, foliculite. Os tratamentos estéticos, aliados a uma dieta balanceada, além de potencializar os resultados, trazem saúde e bem-estar, resultado de um cuidado que se inicia de dentro para fora e mantém o corpo em equilíbrio e em forma”.

Confira alguns procedimentos indicados para tratar o bumbum:

Peeling – remoção de manchas de foliculite e imperfeições, melhorando o aspecto da pele;

Eletroestimulaçăo – para melhorar o tônus muscular (melhorar contorno e rigidez), que facilita e acelera ainda mais o fortalecimento muscular. Ideal para aqueles pacientes que têm dificuldade de melhorar seu desempenho apenas com os exercícios físicos;

Massagem modeladora – técnica executa movimentos vigorosos e específicos, visando não só a drenagem de líquidos e toxinas, mas também a melhora do contorno do bumbum.

Leia mais sobre Moda e Beleza no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias