Depois de acusações de agressão e assédio, Ezra Miller pede desculpas e diz estar em tratamento


Foto: Warner Bros.

Depois de ser preso sob acusação de agressão e roubo algumas vezes nos últimos anos, Ezra Miller pediu desculpas por seu comportamento e disse estar em tratamento.

The Flash: Polícia faz buscas em fazenda de Ezra Miller em caso de mãe e três crianças desaparecidas

“Tendo passado recentemente por um período de crise intensa, agora entendo que estou sofrendo problemas complexos de saúde mental e comecei um tratamento contínuo”, diz o texto do artista que interpreta o The Flash, que se identifica como não binário e pede o uso do pronome neutro they/them em inglês. “Quero pedir desculpas a todos por ter alarmado e chateado com o meu comportamento passado. Estou comprometido em fazer o trabalho necessário para voltar a um estágio saudável, seguro e produtivo em minha vida.

Ezra, de 29 anos, foi preso no Havaí por duas vezes nos últimos meses, acusado de agressão. Sob elu também existe uma acusação de assediar uma mulher na Alemanha, asfixiar outra na Islândia e abrigar uma mãe e três crianças (de 5, 4 e 1 ano) em sua fazenda em Vermont cheia de armas. Inclusive, ele é suspeito de estar escondendo os quatro, que estão desaparecidos no momento.

O filme do The Flash está confirmado para junho de 2023, mesmo com todos crimes e acusações que pairam sob Ezra. Isso gerou reclamações a Warner Bros Discovery, estúdio responsável pelos filmes da DC Comics, porque o filme da “Bat Girl” foi cancelado e o do super-herói não, mesmo com todo o rebuliço em torno do nome do ator principal. Segundo a “Variety”, a Warner apoia a iniciativa de Ezra de buscar ajuda profissional.

Leia mais sobre Mundo no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias