Mundo

Casal é preso por espancar filho bebê até deixar 'crânio mole'

Pais negaram crime e alegaram que estado da criança foi causado por diversos acidentes

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um bebê de cinco meses está internado com fraturas no crânio em um hospital em Oklahoma, nos EUA. De acordo com informações do jornal Mirror, os pais da criança, Preston Klinglesmith e Victoria Walker foram presos suspeitos de espancá-lo até deixar o "crânio mole".

Além do problema na caixa craniana, ele também estava com o nariz sangrando, hemorragia nos olhos e também na testa.

Foto: Oklahoma County Sheriff’s Office/Divulgação

O pai teria afirmado que os machucados aconteceram devido a uma série de acidentes. No entanto, o investigador do caso, Gary Knight, disse que "claramente não foi o que aconteceu". "A criança já estava sofrendo por causa da condição médica, não sendo tratada e para agredir a lesão, por assim dizer, a criança deve sofrer esse abuso extremo nas mãos dessas pessoas", disse ao Mirror. O bebê se encontrava gravemente abaixo do peso, de acordo com os médicos.

De acordo com documentos judiciais obtidos pelos News 9 dizem que o homem teria levado o filho ao hospital porque ele não queria que os médicos achassem que a família era burra, pela casa do casal ser uma bagunça.

Os dois foram acusados de negligência infantil. Klinglesmith também foi acusado de abuso de menor por lesão.

Foto: Reprodução/Facebook