Mundo

Direito ao aborto legal nos EUA é derrubado pela Suprema Corte

Com isso, caberá a cada estado do país decidir se aborto é proibido ou legal

Redação iBahia
24/06/2022 às 13h09

1 min de leitura

O direito constitucional ao aborto legal nos Estados Unidos foi derrubado pela Suprema Corte nesta sexta-feira (24). Segundo informações do g1, com a decisão, agora caberá a cada estado norte-americano decidir se permite ou não a interrupção legal da gravidez.

Os juízes derrubaram, por seis votos contra três, a chamada Roe contra Wade, uma decisão histórica da própria Suprema Corte da década de 1970 que estabeleceu o direito ao aborto nos Estados Unidos.

Ainda de acordo com o g1, a decisão, já adiantada por um rascunho vazado em maio, representa uma vitória para o partido Republicano e as alas conservadoras e religiosas do país, que queriam proibir a interrupção legal da gravidez.

Apesar da decisão, o aborto não está proibido nos Estados Unidos, mas deve tornar a interrupção da gravidez ilegal em quase a metade dos estados do país, que são conservadores. Os estados vão decidir separadamente pela manutenção ou não desse direito.

Leia mais sobre Mundo no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias