Caso de polícia

Diretor da Marvel é preso após tentar sacar da própria conta

Além do diretor, duas pessoas que estavam no carro de Coogler foram presas suspeitas de estarem participando de um crime

Redação iBahia
10/03/2022 às 11h26

2 min de leitura
Foto: Reprodução / YouTube

O cineasta Ryan Coogler, diretor do longa ‘Pantera Negra’, foi detido pela polícia de Atlanta, nos Estados Unidos, após tentar sacar uma quantia em dinheiro da própria conta.

A situação aconteceu em uma agência do Bank of America em janeiro deste ano, mas só ganhou os noticiários na quarta-feira (9), após o envio de uma nota à revista ‘The Hollywood Reporter’.

Coogler relata entregou um envelope solicitando o saque de US$ 10 mil, o equivalente a 60 mil reais, com os dizeres:

"Gostaria de sacar US$ 10 mil na conta corrente. Por favor, conte o dinheiro em outro lugar, gostaria de ser discreto".

A senhora responsável pela função teria estranhado a ação de Coogler e acionou a polícia. 

"A senhora que estava no caixa do banco recebeu uma notificação de alerta da conta do Sr. Coogler, pelo alto valor do saque e, rapidamente, avisou seu gerente de que o suspeito (Coogler) estaria tentando roubar o banco. O 911 foi acionado e se dirigiu ao local", diz um trecho do documento divulgado pelo site.

Além do diretor, duas pessoas, um homem e uma mulher, que estavam no carro de Coogler, um SUV Lexus, foram presas suspeitas de estarem participando de um crime.

Os policiais questionaram o que eles estavam fazendo no local, e eles informaram que aguardavam o diretor que estava fazendo uma transação financeira no interior do banco.

Em entrevista à revista estadunidense Variety, o diretor desabafou "essa situação nunca deveria ter acontecido, mas o Bank of America trabalhou comigo [na resolução desse caso] e abordou o ocorrido para que eu ficasse satisfeito e, agora, ambos seguimos em frente".

Leia mais sobre Mundo em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias