Escritora afirma que ator perdeu o papel de Superman por ser gay


Bomer interpreta o vigarista e consultor do FBI, Neal Caffrey, na série White Collar

A roteirista Jackie Collins causou polêmica na imprensa norte-americana esta semana. Durante o lançamento de seu novo romance, ‘The Power Trip’, ela afirmou que é “quase impossível” atores gays se destacaram em Hollywood.

Veja também:
Boate gay lota Casa Cor com festa à fantasia; veja fotos

Para exemplificar a tese, Collins citou o ator Matt Bomer, célebre mundialmente por conta do seriado White Collar. Após o galã assumir o romance com o publicitário Simon Halls, ele teria sido reprovado em um teste para estrelar o filme ‘Superman: Flyby’, que ainda não estreou.

Mais polêmica
Vale ressaltar que Bomer também foi descartado para viver o protagonista do filme ’50 Tons de Cinza’ por conta da homossexualidade. “Eu não estou discriminando Matt Bommer por causa de sua sexualidade. ‘Cinquenta Tons de Cinza’ exige um ator que goste genuinamente de mulheres, entendem? Chamar Bommer para o papel do protagonista seria absolutamente ridículo”, escreveu o  roteirista Bret Easton Ellis no Twitter.