Fatalidade

Ginasta de 11 anos morre em casa atingida por míssil russo

"Ela deveria conquistar o mundo", lamentou a treinadora da jovem atleta

Redação iBahia
26/03/2022 às 20h13

1 min de leitura
Foto: Reprodução  / Redes sociais 

A estrela da ginástica rítmica Kateryna Dianchenko, de 11 anos, morreu neste sábado (26) após ser atingida por um míssil russo. Ela estava dentro de casa, no sudeste da Ucrânia, quando o ataque aéreo atingiu o local. 

"Ela deveria conquistar o mundo, mas morreu enterrada nos escombros", lamentou a treinadora da menina, Anastasia Meshchanenkova.
"Pode haver alguma justificativa para isso? Olha essa garota talentosa. Ela deveria dar seus sorrisos para o mundo. Do que as crianças são culpadas? Acredito que há um espaço no inferno para todos os envolvidos – e o mais rápido possível. Eu não posso falar, talvez quando eu voltar aos meus sentidos", pontuou ela. 
Na manhã da última sexta-feira (25) ao menos 300 pessoas, que se abrigaram em um teatro localizado em Mariupol, foram mortas por um ataque russo. 
Leia mais sobre Mundo no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.