Alexandre Frota paga indenização de R$94 mil para Caetano Veloso e se desculpa: ‘Não sei como fui capaz’


Alexandre Frota e Caetano Veloso
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Alexandre Frota pagou R$94 mil em indenização para Caetano Veloso e a esposa, Paula Lavigne, após ser processado pelo músico por tê-lo chamado de pedófilo.

O caso aconteceu em 2017 e, além do termo, o deputado teria dito outras ofensas ao cantor baiano. “Quero me desculpar com Caetano, sou fã, amo Caetano e não sei como fui capaz de agir assim”, disse Alexandre Frota em entrevista ao Splash, do UOL.

“Tive um relacionamento importante com Paula na minha vida, me ajudou muito, ela, a mãe, a irmã Kiki”, continuou o deputado.

“Espero que Caetano que conheci em 82 vire essa página e que um dia a gente possa se encontrar. A vida é feita de ciclos, fico feliz de encerrar algo que foi inconsequente da minha parte. Caetano, I love you”, disse, por fim.

Caetano Veloso e Paula Lavigne processaram Alexandre Frota por danos morais ainda em 2017. O juiz, à frente do caso, determinou que o deputado e o MBL apagassem os conteúdos referentes nas redes sociais.

Um mês após a determinação, Frota foi condenado a pagar R$60 mil em indenização. Em março de 2021 o valor foi atualizado para R$ 94.457,31. O baiano não se pronunciou sobre o caso.

Leia mais sobre Nem Te Conto no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.