Entrevista

Clevinho revela sonho de parceria com Léo Santana e fala de Paulinha Abelha: ‘Só Deus e eu sabemos’

Artista se prepara para lançar o primeiro EP e fazer sua estreia nos palcos

Lucas Mascarenhas
19/05/2022 às 19h11

5 min de leitura
Foto: Divulgação

Com trabalhos como modelo, influenciador e dançarino da banda Calcinha Preta, Clevinho Santana se lança em mais uma novidade na sua carreira: a música. Em entrevista ao iBahia, o cantor revelou as novidades e falou sobre as saudades de Paulinha Abelha.

“A gente tá pra lançar o nosso EP, vamos lançar agora dia 21, também será o meu primeiro evento lá em Belém, vou fazer uma participação junto com Calcinha Preta. E no dia 23, nós vamos lançar o clipe que foi uma homenagem para Paulinha que a gente fez. Já no próximo mês iremos gravar um clipe da música “Barriguinha”, a próxima música de trabalho”, adiantou.

Como pontapé inicial, uma música foi lançada como homenagem póstuma à Paulinha. A canção foi muito bem recebida pelos fãs da cantora e também estará no primeiro EP de Clevinho. “Muito gratificante [o retorno dos fãs], emocionante demais. Não foi fácil gravar, é muito emocionante a música, foi difícil, mas eu me dediquei ao máximo pra dar o meu melhor”, iniciou.

“Na verdade os fãs [de Paulinha] eles sempre me abraçam, apoiam muito e eles amaram essa música que a gente fez uma nova roupagem, né, a música é do nosso compositor Marquinhos Siriguela. Então a gente achou que nos identificou muito, conta uma parte da nossa história, então os fãs amaram e tenho certeza que eles vão gostar das outras também”, completou.

Foto: Divulgação

Críticas

Apesar do sucesso no início da carreira, Clevinho não esconde as críticas que recebe através das redes sociais. O cantor, porém, prefere dar voz para quem verdadeiramente o acompanha e torce pelo seu novo trabalho.

“As críticas elas sempre aparecem, né. Independente se é com homenagens, sem homenagens, sempre vem um ou outro para querer achar ou falar alguma coisa. Mas hoje o meu foco é nas coisas, nas pessoas que me apoiam, em quem quer me ver bem, quem torce de verdade por mim”, contou.

“E como eu sempre falo o luto, as pessoas as vezes acham que a pessoas precisa estar morrendo ali, se a pessoa está triste eles falam, se a pessoa tenta se recuperar as pessoas também falam. Então eu acho que as críticas elas sempre vão existir, então só Deus e eu sabemos o que eu passo fora das câmeras, sozinho no quarto”, completou.

O artista ainda falou sobre o retorno ao trabalho após a morte de Paulinha: “Então eu tenho o meu momento, mas eu também preciso seguir, preciso voltar a trabalhar, preciso seguir minha vida, porque eu não posso ficar parado esperando o tempo passar porque as contas vão chegando então daí acaba que vai acumulando e eu não vou ter condições de seguir. Então aos poucos, não vou fazer nada exagerado, um dia de cada vez e pedindo orientação sempre a Deus”.

Família de Paulinha

Desde o falecimento de Paulinha Abelha, seu pai conhecido como Seu Abelha, não ficou desamparado. Debilitado, ele mora com Clevinho e a família dele, além disso é assistido por enfermeiras.

“Tenho contato com família dela e inclusive o pai da Paulinha hoje mora comigo. Eu junto com minha mãe, conversei com minha filha e vamos ficar com ele, estamos com ele, ele é assistido graças a Deus, tem a enfermeira que toma conta dele, então hoje é mais tranquilo porque eu sei que ele tem acompanhamento médico lá a qualquer momento”, revelou.

O contato com outros familiares de Paulinha também continua. “Então o contato com a mãe dela eu tenho, com a irmãs dela também eu tenho contato. Então nunca deixei de ter contato com eles não”, explicou.

Parceria com Léo Santana

Durante o bate-papo, Clevinho ainda confessou que Léo Santana é seu ídolo e não escondeu a vontade de uma futura parceria. “A Bahia é maravilhosa demais, é incrível e eu admiro demais todos os artista baianos, eu sou muito fã, o meu ídolo é o Léo Santana e quem sabe um dia, se Deus permitir, eu tenho sim vontade de gravar um dia com ele”, disse.

Sobre sua relação com a Bahia, o cantor ainda falou que planeja voltar ao estado mais vezes. “A Bahia é muito acolhedora, a Bahia levanta, é aquele calor, muito top a Bahia. Sempre estive por aqui e estou voltando mais vezes e espero também fazer com que meu projeto venha para cá o mais rápido possível e eu possa tocar nessa Bahia maravilhosa”, finalizou.

Leia mais sobre Celebridades em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias