Glória Pires vai dirigir mini-doc sobre Balé Folclórico da Bahia


Foto: Reprodução | Instagram 

Glória Pires vai dirigir um mini-doc sobre o Balé Folclórico da Bahia. Esse será o primeiro filme dirigido pela atriz. A artista escolheu a equipe que está trabalhando com o balé para co-dirigir o longa, ao invés de sua habitual equipe do Rio de Janeiro. 

O projeto audiovisual celebra a história do grupo que está prestes a completar 34 anos. O Balé Folclórico da Bahia retorna aos palcos ainda este ano. Assista ao vídeo abaixo: 
Depois de mais de dois anos sem se apresentar e de quase encerrar definitivamente suas atividades, a companhia anunciou o lançamento do Festival Balé Folclórico da Bahia em coletiva para a imprensa, realizada no dia 6 de abril, no Hotel Fasano Salvador.  

Além de shows e exposição, o festival, que acontece entre os meses de abril e novembro deste ano, inclui uma ampla programação socioeducativa com oficinas gratuitas em dez comunidades de Salvador e Lauro de Freitas. O Festival conta com o estimulo da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem os patrocínios do Banco Votorantim e do Instituto Cultural Vale.

Considerado um dos principais embaixadores culturais do Brasil no mundo, o grupo de dança afro-brasileira que já se apresentou em mais de vinte países, quase encerrou suas atividades definitivamente durante a pandemia. A companhia contou com a ajuda de artistas, admiradores e da população através de uma vaquinha virtual, para se manter nos dois últimos anos. 
“Agora, graças a Lei de Incentivo, ao patrocínio da iniciativa privada e a inúmeros apoios, o Balé Folclórico da Bahia volta com uma programação extensa, robusta, que contempla da formação do seu novo corpo de baile a uma estreia mundial prevista para novembro, no TCA”, declara Walson Botelho, mais conhecido como Vavá Botelho, fundador e diretor geral da companhia.
Leia mais sobre Cultura no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.