Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > notícias > infraestrutura
Whatsapp Whatsapp
Ato

Familiares protestam por jovem que se acidentou em parque de Salvador

Mãe de Andrei Peroba, de 20 anos, e amigos realizaram protesteo em frente ao parque de diversões, no Campo da Pronaica, nesta segunda-feira (19)

Iamany Santos • 19/02/2024 às 7:40 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Familiares e amigos do jovem Andrei Peroba, que teve o braço amputado após um brinquedo despencar em um parque de diversões no Campo da Pronaica, em Cajazeiras 10, bairro de Salvador, realizaram um protesto em frente ao local na manhã desta segunda-feria (19). A mãe do rapaz estava entre os protestantes e afirmou que o jovem não recebeu nenhuma assistência do estabelecimento.


				
					Familiares protestam por jovem que se acidentou em parque de Salvador
Familiares protestam por jovem que se acidentou em parque de Salvador. Foto: Reprodução/ TV Bahia

"Eu quero uma resposta. Em alguns vídeos que eu vi, disseram que iam entegar essas porcaria aqui perfeita. Venha cá, vocês vão me entregar meu filho perfeito? Porque Deus me deu meu filho perfeito e essa porcaria aqui tentou destruir meu filho, destruiu o sonho do meu filho", disse a mãe, revoltada, em entrevista ao Jornal da Manhã.

Leia mais:

Ainda segundo a mãe do jovem, Andrei segue internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral do Estado (HGE) e está extremamente abalado com a situação. O rapaz, que tem apenas 20 anos, tinha conseguido um emprego havia três meses e foi ao parque com a prima e a irmã para se divertir, na última quinta-feira (15).


				
					Familiares protestam por jovem que se acidentou em parque de Salvador
Foto: Arquivo Pessoal

O acidente aconteceu quando o grupo estava em um brinquedo estilo pêndulo. Informações iniciais são de que o equipamento apresentou a falha mecânica, despencou e atingiu o chão. O jovem teve o braço imprensado no brinquedo e, segundo testemunhas que estavam no local, teve muito sangramento enquanto recebia atendimento.

"Só levaram meu filho uma hora depois que me contaram", diz a mãe, sobre o momento do acidente. "É uma falta de respeito. Eu quero justiça", enfatiza ela.

A irmã de Andrei, Andreia, também ficou ferida. No entanto, os ferimentos foram leves. Ela recebeu atendimento no Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras, e foi liberada em seguida.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM INFRAESTRUTURA :

Ver mais em Infraestrutura