Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > justiça
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Salvador

Filho de idoso abandonado em UPA se recusa a buscar o pai

Idoso foi encaminhado para casa de acolhimento após ser resgatado na segunda-feira (9)

Redação iBahia • 10/10/2023 às 20:50 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

                              
                                 Filho de idoso abandonado em UPA se recusa a buscar o pai
Foto: Reprodução/ TV Bahia

O filho de idoso de 61 anos que ficou internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris, em Salvador, e foi abandonado na unidade de saúde, se recusou a buscar o pai na casa de acolhimento para o idoso foi levado, em Paripe. As informações são do delegado Ricardo Amorim, ao g1.


				
					Filho de idoso abandonado em UPA se recusa a buscar o pai
Foto: Juliana Almirante/G1

Idoso se sentiu mal e foi socorrido com a ajuda de vizinhos. Ele foi hospitalizado na terça-feira (3) e após seis dias foi retirado do local, por apresentar um quadro melhor de saúde. Entretanto, como nenhum familiar procurou a UPA, a equipe do serviço social acionou a Polícia Civil na segunda-feira (9).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

O delegado Ricardo Amorim, que é o coordenador do Departamento de Proteção à Mulher, Cidadania e Pessoas Vulneráveis (DPMCV), detalhou que entrou em contato com o filho do idoso para que ele buscasse o pai. Porém, o homem disse que "não tinha interesse em ir na casa de acolhimento". O motivo da decisão do filho do idoso não foi detalhada.

De acordo com o g1, o delegado afirmou também que está enfrentando dificuldades para entrar em contato com outros familiares. O idoso, identificado apenas como Isidório, possui outro filho, uma irmã e uma cunhada.


				
					Filho de idoso abandonado em UPA se recusa a buscar o pai
Foto: Reprodução/ TV Bahia

Ele relatou que passou morar em uma casa abandonada no bairro do Uruguai e vigiava o imóvel. Ele contou que a casa não tinha estrutura para morar e não possuía saneamento básico.

À polícia, ele falou que é divorciado há mais de 20 anos e que morava sozinho desde então. Ele disse também que recebia o Bolsa Família, mas mudou de endereço e devido a isso o benefício foi bloqueado.

Isidório já foi ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras) para atualizar o endereço e no momento aguarda liberação. Enquanto isso, ele conta que vivia com a ajuda de vizinhos.

O abandono de idoso é um crime previsto no Estatuto do Idoso e pode levar a penas de seis meses a três anos. Caso segue investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento ao Idoso (Deati).

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM JUSTIÇA :

Ver mais em Justiça