Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > justiça
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
Balanço

Mais de 1,2 milhão de baianos não regularizaram o título de eleitor

Dados são do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA)

Iamany Santos • 10/05/2024 às 10:16 • Atualizada em 10/05/2024 às 10:41 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Mais de 1,2 milhão de baianos não regularizaram o titulo de eleitor, segundo dados parciais do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). Em Salvador, o número de pessoas que seguem com o documento irregular é de 235.933 pessoas.


				
					Mais de 1,2 milhão de baianos não regularizaram o título de eleitor
Mais de 1,2 milhões de baianos não regularizaram o título de eleitor. Foto: Reprodução / Rádio Senado

Ainda segundo o órgão, o período para a realizar o processo terminou na última quarta-feira (8). Na última semana do prazo, o TRE registrou cerca de 23.914 de atendimentos. Confira abaixo o número parciais de pessoas com títulos irregulares nas principais cidades da Bahia:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

  • Salvador: 235.933
  • Feira de Santana: 40.559
  • Vitória da Conquista: 30.131
  • Itabuna: 25.967

Em nota ao iBahia, o TRE-BA informou que um balanço completo dos dados será divulgado no dia 8 de julho, quando de fato se encerra o processo de cadastramento eleitoral. O material deve ser divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O período eleitoral começa no dia 6 de outubro e neste ano a população irá eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Porém, para quem não conseguiu regularizar o título de eleito, há uma série de impedimentos quanto ao direto de votar e outros acessos.

O que acontece caso o título de eleitor não seja regularizado?

Ainda de acordo com o TRE, há uma série de consequências para quem não corrigir as pendências com a Justiça Eleitoral.

Além de ficar impedida de votar nas próximas eleições, que começam no dia 6 de outubro, a pessoa que estiver com o título de eleitor irregular não pode emitir documentos ou participar de concursos públicos.


				
					Mais de 1,2 milhão de baianos não regularizaram o título de eleitor
Mais de 1,2 milhões de baianos não regularizaram o título de eleitor. ​Foto: Divulgação / TRE-BA

Matrículas em universidades, empréstimos e documentos em repartições diplomáticas também ficam suspensos caso o título não seja regularizado. O sistema de cadastramento de eleitores do TRE só será reaberto em novembro de 2024, ao fim das eleições.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM JUSTIÇA :

Ver mais em Justiça