Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Investigação

Mulheres trans denunciam agressão e transfobia em bar de Ilhéus

Vídeo feito por uma das vítimas mostra empurrões e chute. Caso está sob investigação da Polícia Civil

Alan Oliveira • 20/11/2023 às 17:16 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Três mulheres trans denunciam terem sido agredidas e vítimas de transfobia em um bar da cidade de Ilhéus, no sul da Bahia. O crime aconteceu na madrugada de sábado (18) e ganhou repercussão nesta segunda-feira (20). Seguranças do estabelecimento são suspeitos do crime.


				
					Mulheres trans denunciam agressão e transfobia em bar de Ilhéus
Mulheres trans denunciam agressão e transfobia em bar de Ilhéus. Foto: Reprodução

Vídeos gravados por uma das vítimas mostra um segurança empurrado uma mulher. Em outra imagem, outra vítima recebe um chute e socos do mesmo homem. Assista abaixo:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Vítima foi empurrada pelo segurança Vídeo: Arquivo pessoal

As vítimas relatam que a confusão teria começado depois que uma delas pediu para sair do bar, para chamar um carro por aplicativo para uma amiga que já estava indo embora. A mulher gostaria de voltar após fazer o favor, mas teve o pedido negado.

O grupo então observou que outras pessoas estavam deixando o estabelecimento e retornando. A mulher voltou a questionar e foi iniciada uma discussão.

Vitima recebeu chutes e socos do segurança Vídeo: Arquivo pessoal

"Eu voltei e questionei a ela o porquê tinha gente entrando e saindo e eu não poderia. Ela falou que o dono teria deixado essas pessoas", contou Paloma Mavone.

"Eu chamei o dono que era errado, porque lei para um é lei para todos e a gente pagou para estar ali. Foi quando a segurança falou que se eu saisse não iria entrava", completou.

No meio da briga, além das agressões, as vítimas contam que foram tratadas no masculino. "Eles começaram a agredir a gente verbalmente, a chamar a gente de homem, de cara, foi quando a gente se alterou um pouco e começou a discussão", detalha Rochelly Lopes. Assista o relato abaixo:

Vítimas relataram como aconteceram as agressões no bar Vídeo: Arquivo pessoal

Após o ataque, as vítimas ficaram com hematomas no rosto, braço e perna. O caso foi registrado na Delegacia de Ilhéus, que investiga o crime. As mulheres passaram por exames de lesões corporais.

Em nota, o Mar Aberto Music Bar informou que afastou os colaboradores envolvidos na situação e que está averiguando o caso. Veja o posicionamento na íntegra abaixo:

Nota de pronunciamento do Mar Aberto Music Bar

"O Mar Aberto Music Bar, por meio desta nota, vem esclarecer sobre fatos relatados no dia 17/11/2023, festa em comemoração do Aniversário do Mar Aberto.

A direção da casa de show tomou conhecimento, por meio das redes sociais, de que houve um caso de agressão, do lado de fora do Mar Aberto, por parte de seguranças da casa à 3 mulheres transexuais. Imediatamente foi determinado o afastamento das pessoas envolvidas para averiguar o caso e está à disposição das autoridades para fornecer imagens que colaborem com a identificação e as medidas legais a serem cominadas.

O Mar Aberto Music Bar repudia e não compactua com qualquer violência de gênero, seja física, psicológica, sexual ou simbólica. Ressalta-se que, o Mar Aberto Music Bar é um ativo patrocinador de eventos LEGBTOIAPN+ e em diversos momentos promove eventos em apoio aos grupos. Desde já pedimos desculpas aos nossos clientes e amigos, e lutaremos para que fato lamentável como este jamais venha a ocorrer".

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança