Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > notícias > segurança
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
Investigação

Técnica de enfermagem é achada morta dentro de apartamento em Camaçari

Corpo foi achado em estado avançado de decomposição, depois que um vizinho da técnica de enfermagem sentiu um forte odor vindo do imóvel, em Camaçari

Alan Oliveira • 27/02/2024 às 21:42 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Uma técnica de enfermagem foi encontrada morta dentro do apartamento onde morava, na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), na última segunda-feira (26). O caso está sob investigação Polícia Civil (PC).


				
					Técnica de enfermagem é achada morta dentro de apartamento em Camaçari
Técnica de enfermagem é achada morta dentro de apartamento em Camaçari. Foto: Reprodução/TV Bahia

De acordo com a polícia, Vanesca Miranda Ferreira, de 44 anos, tinha sido vista pela última vez no dia 19 de fevereiro, 7 dias antes da descoberta do corpo. Ainda não há detalhes das causas da morte da mulher.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Pouco antes da técnica de enfermagem ser achada morta, colegas de trabalho notaram a falta dela após a ausência em dois plantões nos hospitais em que ela trabalhava.

Diante da situação, os colegas mandaram mensagens para o celular de Vanesca, que respondeu até a última terça-feira (20). Não há detalhes do teor das respostas, nem o que a técnica de enfermagem teria dito sobre a falta nos plantões.

No domingo (25), o celular da mulher parou de receber mensagens. No mesmo dia, um vizinho sentiu um forte odor vindo do apartamento e acionou a Polícia Militar (PM).


				
					Técnica de enfermagem é achada morta dentro de apartamento em Camaçari
Técnica de enfermagem é achada morta dentro de apartamento em Camaçari. Foto: SSP-BA

Ao chegarem no local, os policiais e a dona do apartamento encontraram o corpo, que foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.

A técnica de enfermagem deve ser sepultada no Cemitério Parque Bosque da Paz, em Salvador. A data não foi informada pela família dela. A mulher deixa um filho de 21 anos.

Uma irmã de Vanesca, que preferiu não se identificar, disse em entrevista à TV Bahia que soube do desaparecimento dela dias antes e chegou a registrar um boletim de ocorrência.

A irmã da técnica disse ainda que soube da morte depois de conseguir o endereço de Vanesca com um colega de trabalho dela.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SEGURANÇA :

Ver mais em Segurança