Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > preta bahia
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Entrevista

Ex-The Voice, Vanessa Borges revela decepção após 'não' da Timbalada

"Até hoje não entendo", diz Vanessa Borges sobre episódio; cantora também revelou distanciamento de Carlinhos Brown

Lucas Sales • 06/07/2024 às 7:00 • Atualizada em 06/07/2024 às 10:18 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

Vanessa Borges, ex-participante do "The Voice Brasil", abriu o coração ao falar da trajetória artística, autoaceitação e bastidores de programas da TV Globo e Record. A artista soteropolitana também fez um desabafo da relação com o ex-técnico Carlinhos Brown e revelou uma mágoa com o grupo percussivo Timbalada.


				
					Ex-The Voice, Vanessa Borges revela decepção após 'não' da Timbalada
Vanessa Borges integrou a equipe de Brown na 3ª edição do "The Voice Brasil". Foto: Reprodução/ TV Globo

Filha e sobrinha de músicos, a entrevistada da semana no Preta Bahia concorreu ao cargo de vocalista da banda em 2016, mas perdeu a vaga para Millane Hora. Caso fosse aprovada, ela dividiria os vocais do grupo com o cantor Denny Denan.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Durante o bate-papo, a cantora revelou que um dos maiores sonhos da vida dela era justamente cantar em um grupo como a Timbalada - o grupo foi criado por Brown em 1991. A baiana também analisou que deve ter sido difícil para Millane assumir o cargo na época, em meio a inúmeras críticas, ficando apenas sete meses a frente do grupo.


				
					Ex-The Voice, Vanessa Borges revela decepção após 'não' da Timbalada
Vanessa Borges é natural de Salvador e ficou conhecida após participação em programa na TV Globo. Foto: Reprodução/ Redes sociais

"Fiz a audição para Timbalada. Eu não sei quem foram as outras artistas, mas eu participei. No meu ver, a minha audição foi maravilhosa. Quando eu recebi o convite nem acreditei. Eu tenho certeza que seria incrível esse momento na minha carreira. Não estou dizendo que foi exclusão [não ter passado], mas eu não passei e a Millane ficou", disse ela ao videocast do Preta Bahia.

Ainda na entrevista, a artista refletiu que deve ter sido desafiador para Millane Hora acompanhar a percussão marcante do grupo e ponderou que houve uma "quebra de tradição" no período em que ela cantou com Denny Denan.

Deve ter sido muito difícil para ela [Millane]. A Timbalada é uma entidade, não é uma simples banda, tem uma história, uma ancestralidade, eu não estou criticando, mas tem coisa que você tenta trazer uma inclusão e acaba quebrando uma tradição. Eu acho que rolou muito isso de não encaixar reflete, Vanessa Borges

Vanessa Borges ainda revelou que recebeu apoio de fãs da Timbalada através de campanhas na internet e da ex-vocalista do grupo Amanda Santiago.

"Os fãs fizeram campanhas [para ela assumir os vocais ao lado de Denny] e até hoje eu recebo mensagens. A Amanda [Santiago] chegou a conversar comigo, ela falou bastante, ela me chamou para um show que ela fez no MAM também", continuou Vanessa Borges.


				
					Ex-The Voice, Vanessa Borges revela decepção após 'não' da Timbalada
Vanessa Borges é natural de Salvador e ficou conhecida após participação em programa na TV Globo. Foto: Reprodução/ Redes sociais

Relação com Carlinhos Brown

No extinto "The Voice Brasil", a artista cantou "Muito Obrigado Axé" - composição de Brown - na audição, virou três cadeiras e escolheu o cacique do Candeal para seguir na competição. Embora tenha vencido a batalha, ela foi eliminada na primeira noite de shows ao vivo. Na época, os internautas chegaram a apontar um favoritismo dele com a artista. Vanessa Borges, por sua vez, garantiu que nunca existiu uma relação próxima entre eles.

Ela também cita que um antigo empresário pode ter atrapalhado uma possível aproximação entre o técnico e a ex-pupila.

"Não existiu relação [com Brown]. Eu tive aquele momento com Brown ali no palco [do programa], ele saudou todos os orixás, todos ficaram achando que eu já era filha de Brown, que ele fez um quarto na casa dele e me colocou dentro [risos], só que não. Eu não recebi uma ligação. Aliás, recebi um convite para cantar com ele na Enxaguada e no Carnaval, mas eu tinha esse empresário e acabei participando apenas de um dos compromissos. O falatório dele [do antigo empresário] me prejudicou. Ele mandou e-mail para Brown, Claudinha [Leitte], e eu não sei até hoje o que tinha nesse e-mail".

Vanessa ainda criticou a postura de empresários em geral e destacou que muitas vezes os artistas da Bahia são invisibilizados. "Eu tenho uma carreira, canto querendo fazer o melhor. Aqui tem muitos artistas, mas é você [empresário] que não dá oportunidade", pontuou.

Emocionada, a cantora detalhou um episódio de assédio que sofreu na sala de um escritório. "Eu já passei uma situação de eu estar em um escritório e o empresário correr a mesa tentando me beijar. Já passei por coisas terríveis. Hoje eu pago minha terapia. Na época eu era uma menina e as relações com homens sempre foram muito ruins, os homens são difíceis, a gente tem sempre que dar algo a mais e o talento não basta. Hoje eu imponho respeito", relembrou. Relembre a audição da artista no reality da Globo:

Cantora entrega bastidores de Globo e Record

10 anos depois da passagem pelo "The Voice", Vanessa Borges voltou aos holofotes nacionais com o programa "Canta Comigo", da Record. Ela foi convidada pela produção do programa e encara a jornada dela no reality musical como um "presente do universo". Questionada sobre os bastidores das duas emissoras rivais, a artista ponderou o alcance da empresa da família Marinho.

"Vou ser bem sincera. A Globo te coloca em um patamar de visibilidade surreal. Na época [do The Voice] foi uma loucura, meu celular travou, passei de três mil seguidores no Instagram para 17 somente na primeira aparição. Eles [Globo] me trataram bem, eles bancam tudo, foi tudo ok. Na Record eu fiquei me sentindo família mesmo, eles são muito acolhedores, mas eu amei os dois", disse.


				
					Ex-The Voice, Vanessa Borges revela decepção após 'não' da Timbalada
Vanessa Borges foi semifinalista do "Canta Comigo". Foto: Reprodução/ Redes sociais

"Eu era destruída pelo racismo", diz Vanessa Borges

Assim como muitas pessoas negras, Vanessa Borges se reconheceu como uma mulher preta após os 25 anos. A construção racial aconteceu após ela conhecer o ex-companheiro, o rapper Mr. Armeng.

"Eu era destruída pelo racismo. O mundo pode falar que eu sou linda, mas até eu me olhar no espelho e me achar realmente linda. Eu só me descobri uma mulher linda, preta, com meu 'bocão', em 2016, quando conheci o pai do meu filho [MR. Armeng], passei a frequentar lugares intelectuais eram pessoas pretas. Foi quando eu fiz [a música] 'Dandara' que eu chamo ela de rainha, de linda, foi toda uma construção", completou.

RDEM4rnYjgUqx2uwI8KQcBfGfA

Veja a entrevista completa de Vanessa Borges no vídeocast abaixo:

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM PRETA BAHIA :

Ver mais em Preta Bahia