Após declarar falência, sede do antigo colégio ISBA começa a ser demolida; veja fotos


Foto: Iamany Santos/IBahia

A demolição do Instituto Social da Bahia (ISBA), em Ondina, bairro de Salvador, começou na semana do dia 8 de agosto e os trabalhos seguem nesta quarta-feira (17). O colégio já atuava há 56 anos na região, mas não conseguiu se manter durante a pandemia e declarou falência em 2020. 

A instituição mantenedora do colégio, a Associação Brasileira de Educação Familiar e Social (Abefs), declarou que, em decorrência da crise econômica da época e o processo de reestruturação política do país, organizações como o ISBA precisavam ser ressignificadas. 

O Centro Universitário do Instituto Social da Bahia (Unisba), faculdade antes mantida pela Abefs, foi adquirido pelo Grupo Educacional Faveni, atual mantenedora, e funciona ao lado do antigo colégio.

De acordo com Vanessa Lima, engenheira do Grupo Garrido, empresa responsável pela demolição do prédio, o serviço foi contratado este ano e o prédio já estava vazio quando o processo começou. O trabalho está sendo realizado em parceria com o engenheiro Rafael Garrido. 

Foto: Iamany Santos/IBahia

O procedimento começou com a retirada manual de materiais como janelas e azulejos. Um dos prédios pertencentes ao colégio já foi demolido e nesta quarta mais uma das unidades começou a ser destruída. 

A área ocupada pelo colégio é localizada em uma nobre de Salvador, com vista para orla da cidade. Segundo a engenheira responsável não há informações sobre a destinação do espaço. A ajuda da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) foi solicitada para evitar que o trânsito da região seja atrapalhado pelo processo.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias