Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > salvador
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Whatsapp Whatsapp
Prejuízos

Área onde prédio de três andares desabou é vistoriada pela Defesa Civil de Salvador

Construção fica no bairro de Cosme de Farias e desabou na noite de domingo (3)

Redação iBahia • 04/09/2023 às 10:49 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Área onde prédio de três andares desabou é vistoriada pela Defesa Civil de Salvador
Foto: Divulgação / Codesal

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) vistoriou a área onde o imóvel de três andares desabou na noite de domingo (3). Segundo informações da entidade, a construção que fica na rua Edson Saldanha, em Cosme de Farias, foi feita irregularmente sem o acompanhamento de técnico habilitado pelo CREA/CAU.

Em nota, a Codesal informou que acionou a Coelba e solicitou à Sedur uma retroescavadeira que será levada ao local, ainda nesta segunda-feira (4), para a retirada dos escombros. Segundo moradores, no imóvel funcionava uma estufaria, no térreo, e no primeiro e segundo andares, apartamentos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Os moradores não estavam no local no instante do desabamento. Um deles identificado como Cléber Júnior estava na igreja, quando recebeu ligações da família e de amigos. "Eu estava na igreja e recebi vária ligações de colegas e da família falando que a casa que eu vivia desabou", relatou disse o morador Cléber Júnior.


				
					Área onde prédio de três andares desabou é vistoriada pela Defesa Civil de Salvador
Foto: Reprodução/Redes Sociais

"Vim fazer presença e falei com os bombeiros que não tinha ninguém, nem eu e nem a segunda inquilina, que eu recebi informação da família dela. Graças a Deus nada aconteceu", explicou o morador. Quem estava em casa no momento em que o empreendimento desabou foi Maria Rocha, vizinha dos moradores.

"Eu estava em minha casa e de repente ouvi um estrondo muito forte. Quando fui na varanda, a casa já tinha caído", disse a moradora Maria Rocha.

O imóvel foi construído há três anos e uma construção irregular estava sendo erguida ao lado do prédio que desmoronou. Ainda na noite de domingo, os inquilinos tentaram contato com o dono do local, mas não conseguiram.

Uma outra preocupação dos moradores é com o córrego que passa por baixo do prédio. Com o desmoronamento, o fluxo da água foi interrompido. "Quando isso aqui enche, em esse problema que aconteceu, já transborda e invade todas as casas", afirmou a moradora Maria Rocha.


				
					Área onde prédio de três andares desabou é vistoriada pela Defesa Civil de Salvador
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Ainda não há informações sobre o que causou o desabamento e também não é possível afirmar se outros imóveis da rua Edson Saldanha tiveram a estrutura afetada. De acordo com o Corpo de Bombeiros, cachorros treinados fizeram buscas nos escombros e nenhuma vítima foi encontrada.

Segundo o diretor da Codesal, uma retroescavadeira será levada até o local nesta segunda-feira (4) para retirar os escombros. Além dos bombeiros, a Defesa Civil (Codesal), a Polícia Militar e a Neoenergia Coelba foram acionados para a ocorrência.

Vídeo: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM SALVADOR :

Ver mais em Salvador