Ciclo de debates do Goethe-Institut discute sobre cultura, diversidade, e artes no mês de setembro; veja programação


Foto: Divulgação

O Goethe-Institut, em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), promove no mês de setembro um ciclo de debates para discutir assuntos culturais e recorrentes nos eventos realizados pela entidade ao longos destes 60 anos, e que se mantêm como reflexões importantes hoje em dia.

Com o tema “Atemporalidades – Ciclo de Debates”, as trocas passearão por temas como cultura, diversidade, artes e literatura. No dia 14 de setembro, às 19h, acontecerá a roda “Uma cidade para todes – Diversidade”. Nesse sentido, a mesa pretende incluir vozes de grupos como o da população idosa, pessoas portadoras de deficiências, além das comunidades LGBTQIA+ e negra para tentar responder a esta pergunta.

A noite terá a participação de Ednilson Sacramento, jornalista e consultor de audiodescrição; Mila Paes, Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (SEMDEC); Marcelo Cerqueira, Coordenador do Centro Municipal de Referência LGBT+ na Prefeitura Salvador; e Mônica Hupsel Frank, diretora do Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (CREASI). A mediação será feita pelo Dr. Eder Luis Santana (editor-chefe do G1 Bahia).

Já no dia 21 de setembro, também às 19h, a mesa “Um tal teatro – desenvolvimento dramático entre 1960 e hoje” traz o teatro e a dramaturgia como presenças marcantes na história dos 60 anos. A mesa refletirá sobre esse histórico e a relação do Goethe-Institut com esta cena, através do Prof. Dr. Raimundo Matos Leão (UFBA), Profa. Dra. Carmen Paternostro Schaffner (UFBA) e Prof. Dr. Celso Junior (UFRB). A mediação ficará sob o comando do Dr. Aldri Antônio Alves da Anunciação.

Por fim, no dia 27 de setembro, às 19h, o “Atemporalidades” trará a temática “O que vem após do Jorge Amado? Literatura no Nordeste”. A mesa pretende debater a literatura contemporânea na Bahia e no Nordeste. A partir da pergunta provocadora: “O que vêm após Jorge Amado?” espera-se mostrar o quanto de literatura diversa vem sendo produzida.

Ordep Serra, Rita Santana, Itamar Vieira Junior e Luciany Aparecida são os escritores e pesquisadores na lista de convidados da mesa, que será mediada por Marielson Carvalho.

Leia mais sobre Entretenimento no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias