Salvador

Codesal registra 53 ocorrências provocadas pela chuva em Salvador

São Tomé de Paripe e Monte Serrat foram os bairros mais atingidos nas últimas 24h

Redação iBahia
16/05/2016 às 20h20

2 min de leitura
A Defesa Civil de Salvador (Codesal) registrou 53 ocorrências provocadas pela chuva, nesta segunda-feira (16). A maioria das solicitações foi por ameaça de desabamento de imóvel, foram 16 registros. As regiões de Monte Serrat, na Península Itapagipana, e São Tomé de Paripe, no Subúrbio Ferroviários, concentraram a maior parte das chuvas nas últimas 24h.

Chuvas isoladas atingiram diversos bairros em Salvador e provocou alagamentos
(Foto: Arquivo CORREIO)

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para amanhã é de chuva, mas o tempo deve começar a melhorar ainda essa semana. “A previsão para essa terça-feira é de chuvas fracas e isoladas na cidade. O tempo vai começar a melhorar a partir de quarta-feira”, afirmou a meteorologista Marinês Cardoso.

De acordo com o mapa do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), São Tomé de Paripe permanece entre os bairros mais chuvosos de Salvador. As outras áreas que registraram chuva nas últimas 6h são Rio Sena, Pirajá, Águas Claras, Centro Administrativo, Alto do Peru, Cabula, Nova Esperança, São Caetano e Caminho das Árvores. Até às 18h a Codesal registrou 16 ameaças de desabamento de imóvel, duas ameaças de desabamento de muro, 13 ameaças de deslizamento de terra, três árvores caídas, dois alagamentos de imóvel, três avaliações de imóvel alagado, um desabamento parcial, 12 deslizamentos de terra e uma infiltração. Não há registro de feridos. A Codesal permanece com o plantão 24 horas e as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo telefone 199, de forma gratuita.
Correio24horas