Salvador

Oito lugares diferentes e legais para dançar em Salvador

No repertório das festas estão estilos musicais distintos como o forró, bolero, tango, dança de gafieira, fox americano

Naiá Braga (naia.braga@redebahia.com.br)
- Atualizada em
Para quem está cansado da happy hour tradicional nos bares de Salvador e adora dançar, o iBahia reuniu oito lugares na cidade voltados para quem prefere uma boa dança ao invés de um bom chopp. Confira onde você pode dançar o seu estilo preferido e se divertir com seu amigos.Baile do Meio Dia: como o próprio nome já diz, o Baile do Meio Dia tem esse nome por conta das turmas de dança que têm aulas neste horário. O espaço funciona como uma escola de dança de salão, idealizada pela professora Jocélia Freire. No repertório da festa estão estilos musicais distintos como o forró, bolero, tango, dança de gafieira, fox americano. Criado há pouco mais de um ano, a festa não tem restrição por faixa etária.Serviço:
Baile do Meio Dia
Local:B-23 localizada no interior do Shopping Boulevard em Itaigara  – Rua Anizio Teixeira 161.
Horário:12h
Valor: R$10,00
Contato: Waldo (Carioca DJ): 9184-2374
Edição do Baile do Meio Dia, realizado no Itaigara
Forró do Talco: criado em 2012 por Jó Miranda, o Forró do Talco era o "O Domingo com Jó Miranda" e era realizado em Brotas. O espaço ficou pequeno para a festa, o grupo mudou de lugar e, mais um pequeno obstáculo: o piso não era adequado. O grupo teve a ideia de colocar talco no chão para facilitar as coreografias dos dançarinos e do público. A festa, atualmente, é realizada no Rio Vermelho, sempre aos domingos e o ritmo que comanda a festa é o forró pé-de-serra. A festa já recebeu convidados como Targino Gondim, Adelmário Coelho, Trio Nordestino, Norberto Curvelo, Del Feliz entre outros.Serviço:
Forró do Talco
Local: Passarela Bar
Classificação: 16 anos
Horário:21h
Valor: R$15,00
(Lista: listajomiranda@hotmail.com pagam R$8 – mulher e R$10 – homem)
Contato: 9139-1186 / 8869-7919
Forró do Talco é realizado aos domingos
Villa Cancun: inspirado no Vilarejo Mexicano e na Fiesta del muertos, do México, o Villa Cancun se intitula como um "restaurante divertido". Durante o dia, o espaço funciona como um restaurante comum, com happy hour até as 22h. Depois, algumas mesas são retiradas e começa a balada do Villa. Sertanejo, house e o ritmo caribenho estão entre no repertório da festa que vai até a madrugada. Serviço:
Villa Cancun
Local:Rua Anísio Teixeira, 161,Shopping Boulevard (Itaigara)
Valor: varia de acordo com o dia da semana
Contato: 3035-0015
Villa Cancun funciona como restaurante até as 22h e depois vira balada
Projeto Tempo de Dançar: criado em 2006 e com o objetivo de desvincular a dança exclusivamente dos hábitos noturnos, o projeto Tempo de Dançar foi idealizado de uma forma tímida, com aulas de zouk aos domingo. Atualmente, cerca de 12 monitores dão aula do ritmo caribenho, três vezes na semana em Salvador, gratuitamente. Os interessados precisam apenas preencher uma ficha de inscrição para começar a dançar.Serviço:
Projeto Tempo de Dançar
Local: Dique do Tororó e campus de Ondina da UFBa
Quando: Quartas, Sextas e Domingos
Valor: Gratuito
Contato: Joice Borges: 3488-8515/8728-1611
Projeto Tempo de Dançar oferece aulas gratuitas em Salvador
Baile Sete, Oito:  o nome é inspirado na contagem inicial utilizada em diversas modalidades de dança. A expressão "sete, oito" marca o início de uma nova ação durante os movimentos. Criado em 2013 e destinado a dançarinos e interessados pela dança de salão, a festa também mistura ritmos não tradicionais como  cha cha cha, kizomba e bachata. A equipe do baile é formada por quatro integrantes. Através das redes sociais, os participantes podem escolher as músicas que querem dançar. Serviço:
Baile Oito, Sete
Local: Hangar Live Music Rio Vermelho
Valor: R$15
Contato: Cecília Barbosa (9985-9984)
Baile Oito, Sete é voltado para dançarinos e amantes da dança de salão
Coliseu do Forró: o espaço é um dos redutos da cidade para os amantes do forró. A infraestrutura apresenta dois bares, banheiros climatizados, garçons volantes, capacidade para 800 pessoas, sendo 300 sentadas e 500 em pé. Trio Nordestino, Adelmário Coelho, Zelito Miranda, Targino Gondim, Cangaia de Jegue, Flor Serena, Tenison Del Rey estão entre os nomes que já estiveram no espaço.Serviço:Coliseu do Forró
Funcionamento: Sexta- feira e Sábado
Horário: a partir de 22h
Classificação: 18 anos
Ingressos: R$ 25 (feminino) e R$ 30 (masculino)
Local Av. Otávio Mangabeira, Patamares
Contato:  8808-5340 / 9316-7901 / 8805-4288
Coliseu do Forró tem programação para sexta-feira e sábado
Baile DDD: criado há 7 meses, o Baile DDD é realizado no centro da cidade e reúne alunos e curiosos da dança de salão. A festa é realizada, geralmente, no último sábado do mês. Além de ritmo como gafieira, fox, bolero, os interessados podem dançar ritmos latinos e africanos.Serviço: Baile DDD
Local: Largo dos Aflitos, em frente ao Quartel da PM
Horário:20h
Valor:R$15
Contato: Irley Batista (9315-5663/ 8803-1804), Tati Melo, Elo Pinheiro (9320-0766, 3489-3297, 8888-5623)Baile Overdozouk:  há quase um ano, um casal de professores de dança realiza a festa de zouk em um restaurante da Pituba. O nome da festa é inspirado na expressão "overdose" do ritmo, já que a festa começa às 22h e vai até a madrugada. O Baile Overdozouk é voltado para dançarinos e interessados no estilo caribenho. As aulas são realizadas às terças-feiras.Serviço:
Local:Restaurante Brisa Marítima, 1º andar, Pituba
Horário: 22h
Valor: R$10 e R$15
COntato: (Patrícia) 9180-6878