Escavadeira da Sucop quebra rede distribuidora da Embasa


Uma escavadeira a serviço da prefeitura quebrou um ponto da rede distribuidora de água na manhã desta terça-feira (9) na Estrada Velha do Aeroporto, segundo informações da Embasa. Por conta do problema, o fornecimento de água foi interrompido em Nova Brasília e nos loteamentos entre a entrada do Jardim Esperança e a Mansão dos Magistrados. O serviço deve ser concluído às 20h de hoje.

Em nota, a Sucop informa que o vazamento na tubulação da Embasa já foi sanado e nesta quarta-feira (10) as obras serão retomadas. O órgão informa que a paralisação da obra foi por medida de segurança para os operários, já que a população estava retirando os blocos de cimento colocados para bloquear o tráfego e insistia em usar a via.

No início de junho, fortes chuvas provocaram um deslizamento de terra no trecho da Estrada Velha do Aeroporto, próximo ao Convento Dom Amado, e, por isso, a Embasa relocou parte da rede distribuidora que ficou exposta para uma área de terreno mais estável.

Segundo a Embasa, quando esse serviço foi realizado, técnicos da Sucop estavam no local e tomaram conhecimento do ponto para onde foi remanejada parte da tubulação da Embasa.

Gastos com buracos
A Embasa respondeu à acusação da prefeitura de que os gastos com recuperação dos buracos causados pela empresa tem gerado prejuízo à cidade. “Isso não aconteceria se o convênio entre a Prefeitura e a Embasa não tivesse sido rescindido. A empresa informa que, desde o final da gestão passada, a gestão municipal rompeu, de forma unilateral, um convênio que previa a recuperação do asfalto nas áreas de intervenção da empresa para manutenção de suas redes mediante pagamento”, diz o texto.

De acordo com a Embasa, a prefeitura tinha um total de 6 mil solicitações da Embasa sem atendimento. Caso o convênio fosse restabelecido, com estrutura necessária por parte da Prefeitura,” esse fato não aconteceria”, acredita a Embasa.

“A Embasa salienta que pagará os custos alegados pela PMS referentes a recuperação de pavimentação, desde que sejam comprovados que tais serviços sejam devidos pela empresa”, finaliza o texto.

Matéria original: Correio 24h
Escavadeira da Sucop quebra rede distribuidora da Embasa na Estrada Velha