Insegurança

Estudante da Ufba denuncia assédio em banheiro da Faculdade de Comunicação: ‘Não estava acreditando’

Aluna flagrou homem a filmando no local

Nathalia Amorim
27/05/2022 às 20h59

4 min de leitura
Foto: Reprodução

Uma aluna da Universidade Federal da Bahia (Ufba) denunciou, no final da tarde de quinta-feira (26), um caso de assédio na instituição. Dessa vez, a estudante de Produção Cultural, de 21 anos, flagrou um homem a filmando enquanto estava no banheiro feminino da Faculdade de Comunicação (Facom).

“Eu estava trabalhando com uma amiga. Acho que por volta das 16h ou 16h30 fui ao banheiro. Quando eu estava saindo da sala, vi um homem sentado no banco amarelo, entre o elevador da faculdade e a sala, mas eu já tinha visto ele várias outras vezes em vários outros dias por ali também. Eu achava que era um estudante ou alguém da equipe mesmo, da faculdade. Passei rápido, olhei e fui ao banheiro. Por algum motivo, eu já estava com o corpo em estado de alerta”, diz estudante que não quis se identificar.

Por conta da pandemia de Covid-19, os banheiros da faculdade ficam com a porta aberta para circulação de ar. A jovem conta que entrou no banheiro na cabine do meio, quando viu uma sombra.

“Foi tudo muito rápido, questão de segundos. Eu sabia que não podia ser minha amiga porque ela estava na sala 10 segundos antes. No que eu vi a sombra do pé de alguém, imediatamente olhei para cima e ele estava acabando de colocar o braço dele para dentro da cabine, com a câmera virada para baixo, para me filmar”, relata.

Ao iBahia, a estudante disse que a faculdade estava quase vazia, que só tinha ela, o pessoal da portaria, o segurança e a amiga. Mesmo ao entender o que estava acontecendo, a estudante diz que até o último momento não acreditava.

“Eu acho que até o último momento, com o corpo em estada de alerta, que eu estranhei a sombra e olhei para cima… eu acho que até o último momento eu não estava acredito que aquilo aconteceu, até que aconteceu, e foi horrível”, desabafa. “Aí eu gritei e no que eu gritei, eu já fui com a mão para cima e empurrei o celular. Eu não sei se ele conseguiu pegar alguma imagem minha”, diz.

Ainda segundo a jovem, ela tentou correr atrás do homem, que usava calça jeans e blusa preta, mas não conseguiu. Ela explica que a porta do banheiro já estava aberta e a da cabine dele também, o que facilitou a fuga.

Ao relatar o que ocorreu aos presentes no local, ela foi amparada e levada para casa por um segurança da Ufba. A estudante também pretende fazer o Boletim de Ocorrência.

“Foi tudo muito rápido, e muito confuso, na minha cabeça pelo menos. Mas o pessoal da Facom prontamente me deu amparo. Foram muito solícitos, muito gentis. O pessoal da portaria me deu água, me amparou, e o pessoal da segurança também veio falar comigo e acho que outras pessoas, da segurança da Ufba, também vieram saber como é que eu estava e me trouxeram de carro até em casa para garantir minha segurança”, conta.

Ainda neste mês de maio, outra aluna da Ufba denunciou situação semelhante, que ocorreu no banheiro do Restaurante Universitário.

O iBahia procurou a Ufba mas, até o momento da publicação desta matéria, não recebeu resposta.

Estudantes da Facom fazem abaixo assinado contra violência nos espaços da faculdade

Na noite desta sexta-feira (27), começou a circular em grupos da universidade um abaixo assinado feito pelo Corpo Discente da Faculdade de Comunicação (FACOM). No texto, os estudantes falam sobre a preocupação com o aumento da violência do campi de Ondina e nas dependências da Facom.

Foto: Reprodução

“Continuamente temos sido expostos à situações de risco, o que tem causado prejuízo não somente as vítimas, uma vez que diversos alunos não tem comparecido às aulas presencias por medo”, diz.

Ainda no texto, o grupo afirma não ter tido “pronunciamento do colegiado ou de qualquer outro órgão da Universidade Federal da Bahia” e solicitam “não somente uma nota de repúdio, mas medidas eficazes de combate à violência que estamos sendo submetidos nos últimos dias”.

O abaixo-assinado deve ser entregue ao Colegiado da Faculdade de Comunicação na terça-feira (31).

Leia mais sobre Salvador em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias.