Ferroviários fazem protesto e fecham pista no Largo da Calçada, em Salvador


Foto: Rildo de Jesus/TV Bahia

Um grupo de ferroviários fechou a pista na região do Largo da Calçada, em Salvador, durante um protesto, na manhã desta quinta-feira (11).

Os manifestantes estão entre os profissionais desligados após a suspensão da operação do sistema ferroviário da cidade. A categoria reivindica um plano de demissão incentivada e outros benefícios.

A manifestação começou pouco depois das 7h. Foram usados pneus e pedaços de madeira em chamas para impedir a passagem de carros na via. O engarrafamento chegou a alcançar a Feira de São Joaquim.

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia foi acionado e esteve no local. Um dos manifestantes chegou a tentar impedir que a equipe apagasse o fogo, mas foi convencido pelos colegas a deixar a viatura passar.

Por volta das 8h, as chamas foram apagadas pelos bombeiros militares e a pista limpa por agentes de limpeza. Em seguida, a via foi liberada.

Em nota, a Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB) informou que as negociações relacionadas ao plano de desligamento incentivado estão sendo realizadas.

Disse ainda que, em maio deste ano, foi assinado um acordo coletivo com validade até maio de 2023, reajustando cláusulas econômicas de todos os funcionários.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.

Veja também: