Festival Salvador Capital Afro acontece no Centro Histórico até domingo (4); confira programação


Foto: Lucas Moura / Secom

O Centro Histórico da capital baiana recebe, até o próximo domingo (4) o Festival Salvador Capital Afro. O evento, que já começa nesta quarta-feira (30), teve a programação divulgada pelo prefeito Bruno Reis.

Nesses cinco dias, o festival contará com shows, apresentações de experiências e manifestações artísticas locais e proporcionará ações de relacionamento e diálogo nas esferas da política pública, econômica, educacional e cultural, visando alavancar o afroempreendedorismo e o fortalecimento do trade turístico afro. A programação completa do festival pode ser acessada no site Salvador da Bahia.

Primeiro dia

Neste primeiro dia, três atividades ocorrem no Cine Metha Glauber Rocha. Pela manhã, especialistas de diversas entidades sociais e políticas participaram do painel “Cidades Antirracistas”, com intuito de discutir caminhos práticos que norteiam o desenvolvimento de políticas de inclusão e combate às desigualdades oriundas do racismo, a fim de gerar ações efetivas de impacto social.

Das 14h às 16h, ocorre o painel “A Hora e a Vez do Afroturismo”, que promoverá debates sobre esse nicho, a partir de um conjunto de experiências turísticas afrocentradas que valorizam a história e a cultura preta em todo o mundo. A atividade traz para o diálogo personalidades do trade turístico, através de conexões nacionais e internacionais, com o compartilhamento de experiências de posicionamento, criação de produtos e projeções que inspirem o potencial de Salvador no segmento.

Das 16h às 18h, o público poderá assistir ao debate “Práticas Antirracistas nas Organizações”, dedicado à exposição e discussão sobre estratégias efetivas praticadas nas organizações, contextualizando os desafios enfrentados e resultados alcançados, além de abordar o papel das empresas enquanto entes que influenciam e transformam de forma definitiva a sociedade em que estão inseridas.

Já o Casarão LasBonfim, no Terreiro de Jesus, recebe Rodadas de Negócios de Música, das 9h às 12h e das 14h às 18h. A iniciativa é uma excelente oportunidade para artistas soteropolitanos que desejam divulgar seus projetos, fechar parcerias e ampliar a circulação de suas apresentações.

O espaço tem o objetivo de potencializar a participação dos profissionais do setor musical no mercado nacional e internacional através de encontros com players, agentes de vendas, curadores e programadores de festivais e eventos de diversos países.

Leia mais sobre Preta Bahia no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.