Risco

Guerra de espadas e de fogos de artifícios assustam moradores dos bairros de Itapuã e Periperi, em Salvador

Carros foram retirados da via e os comércios foram fechados para evitar transtornos e prejuízos.

Redação iBahia
29/06/2022 às 8h09

2 min de leitura

Uma guerra de espadas e também de fogos de artifícios assustaram moradores de dois bairros da capital baiana, na noite de terça-feira (28). Em Periperi, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, o uso de espadas é considerado ‘tradicional’ sempre às vésperas do Dia de São Pedro. Entretanto, a prática é proibida por lei e uma operação, com as presenças da Polícia Militar – 18ª CIPM, da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp BTS e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) – e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEMOP), chegaram a ser realizadas no local.

A guerra só começou por volta das 22h com a chegada do primeiro espadeiro. Imagens de câmeras de segurança e vídeos publicados nas redes sociais revelaram que a prática aconteceu assim que órgãos oficiais saíram do local.

De acordo com a Polícia Militar, que retornou a localidade, três pessoas foram conduzidas para a Delegacia da região e 47 artefactos foram apreendidos. Os indivíduos e todo material apreendido foram encaminhados para Central de Flagrantes para adoção das medidas cabíveis.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Não há informações de pessoas feridas. Mais cedo, no bairro de Itapuã, moradores, que não quiseram se idetificar, relataram que a guerra de rojões começou por volta das 20h. Os carros foram retirados da via e os comércios foram fechados para evitar transtornos e prejuízos.

Nas imagens é possível ver que os ônibus que seguem até o final de linha do Abaeté foram impedidos de circular por conta dos fogos.

O iBahia entrou em contato com a PM e aguarda posicionamento oficial sobre o caso.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias