Hospital realiza procedimento inédito pelo SUS em tratamento de câncer em Salvador


Foto: ASCOM / HGRS

A equipe do serviço de Radiologia Intervencionista do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, realizou um procedimento chamado abalação por micro-ondas. O procedimento ajudou no tratamento de duas pacientes oncológicas e é a primeira vez que a técnica, considera minimamente invasiva, é realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia.

A ablação por micro-ondas, que foi realizada na sexta-feira (25), é indicada para alguns tipos de câncer primários ou secundários.

Segundo o Governo da Bahia, a técnica é considerada uma excelente opção para o tratamento de lesões de uma forma menos invasiva e mais rápida, sem a necessidade de incisões ou cortes na pele, com tempo de recuperação curto e preservação da função dos órgãos nos quais o tumor está alojado.

As pacientes beneficiadas foram duas mulheres idosas, uma delas com neoplasia primária de rim e outra com hepatocarcinoma, um tumor primário no fígado.

A ablação por micro-ondas ainda não tem regulamentação no SUS. Realizadas com apoio do Grupo Medicicor, com tecnologia Amica, as cirurgias ocorreram como previsto e as pacientes tiveram alta na manhã de sábado (27).

A cirurgia consiste em inserir uma antena – que se assemelha a uma agulha – no órgão afetado, até a ponta encontrar o tumor. Para localizá-lo, são usadas imagens de ultrassom e/ou de tomografia, sem cortes. Dessa forma, uma das vantagens da ablação é a possibilidade de alta no mesmo dia ou no dia seguinte ao procedimento.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.