Mensageiro da Paz, Divaldo Franco completa 95 anos


Foto: Divulgação / Mansão do Caminho

O líder espírita, Divaldo Franco completa, nesta quinta-feira (5), 95 anos de idade. Ele nasceu em 1927, na cidade de Feira de Santana, interior da Bahia. Sua missão mediúnica o levou a criar, com apenas 20 anos, o Centro Espírita Caminho da Redenção, em 07 de setembro de 1947. Cinco anos depois – em 15 de agosto de 1952 – fundou a Mansão do Caminho, como Lar de Crianças órfãs ou socialmente órfãs, sendo uma atividade pioneira no Brasil e na América Latina, no atendimento a menores carentes em unidades-lares.

As diversas atividades assistenciais da instituição atendem, na atualidade, cerca de 5.000 pessoas em situação de vulnerabilidade social diariamente. E o amor não se restringe ao espaço. Divaldo adotou e registrou em seu nome 684 filhos.

Foto: Divulgação / Mansão do Caminho

Ao longo dos 95 anos, o líder espírita esteve em cinco continentes, tendo percorrido 70 países através da realização de palestras, seminários, workshops, cursos e conferências em mais de 1.100 cidades. Divaldo é reconhecido como líder religioso pela Organização das Nações Unidas (ONU), Embaixador Universal da Paz (Título nº205) pela ‘Universal Peace Embassy’ e ‘Cercle Universel des Ambassadeurs de la Paix’, de Genève (Capitale Mondiale de la Paix), Suíça e Embaixador da Bondade.

Homenagens e Obra

A vida e obra de Divaldo chama atenção em todo o mundo. Até o momento, 26 autores já escreveram livros à respeito dele. Algumas peças de teatro têm sido baseadas em sua vida e em obras recebidas através da sua psicografia. Uma delas foi lançada em setembro de 2019, pelas empresas americanas Fox e Disney, chamado “Divaldo, o Mensageiro da Paz”.

Além de mentor, Divaldo Franco possui mais de 250 obras, entre psicografias e coautorias publicadas em diversas editoras, totalizando cerca de 50 mil páginas e 10 milhões de cópias vendidas.

Por meio de 219 autores e missivistas espirituais, psicografou diversas mensagens, em vários gêneros literários, como poesia, conto, romance, crônica, com temas filosóficos, psicológicos, psiquiátricos, comportamentais, religiosos, infantis, etc.

Até hoje, 245 títulos foram traduzidos para 17 diferentes idiomas (albanês, alemão, espanhol, norueguês esperanto, francês, finlandês, holandês, italiano, inglês, sueco, turco, catalão, húngaro, polonês, russo), além de 20 obras transcritas para o sistema braile.

Além da Mansão do Caminho, o projeto mais recente de Divaldo foi idealizado há 23 anos – o ‘Movimento Você e a Paz’. A atividade já foi realizada em 11 países e 12 estados brasileiros. Agora em 2022, Divaldo continua à frente de sua missão humanitária, social e espiritual sendo guiado a escrever novos livros, textos e participar ativamente de palestras, da evangelização e pratica da caridade.

Leia mais sobre Salvador no ibahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: