Direitos garantidos

Plano de carreira da Guarda Civil de Salvador é sancionada pela Prefeitura

Ainda no evento, Bruno Reis anunciou a convocação de mais 57 profissionais concursados e também a inserção da emenda, que garante a participação feminina em um mínimo de 20% dos cargos da corporação.

Mayra Lopes
20/05/2022 às 11h49

3 min de leitura

A lei que institui o Plano de Cargos e Vencimentos da Guarda Civil de Salvador foi sancionada, na manhã desta sexta-feira (20), pelo prefeito Bruno Reis. Em um ato realizado no Palácio Thomé de Souza, onde fica a sede da prefeitura, o gestor municipal assinou a matéria aprovada na Câmara de Vereadores na presente de representantes da Guarda.

Ainda no evento, Bruno Reis anunciou a convocação de mais 57 profissionais concursados e também a inserção da emenda, que garante a participação feminina em um mínimo de 20% dos cargos da corporação.

Foto: Betto Jr. / Secom

O plano era uma demanda antiga da categoria e é um instrumento fundamental para a progressão de carreira dos agentes. “É uma conquista histórica da GCM, pois se trata de um desejo que existe desde sua criação. O plano reestrutura a carreira com garantia de ascensão, reserva de vagas para mulheres, criação de classes e um reajuste de 11% para todos em atividade. Além disso, já convocamos 157 novos guardas, dos quais 93 estão em atividade, e pretendemos chegar a 150 novos profissionais ativos”, declarou Bruno Reis.

O plano beneficiará, diretamente, 1,3 mil servidores entre ativos e inativos e reconhece as especificidades da carreira do guarda civil municipal, além de estimular o crescimento profissional e assegurar os meios necessários para o conhecimento e desenvolvimento de habilidades dos colaboradores da corporação.

“Este é um instrumento para ampliar e melhorar ainda mais a prestação de serviço por parte da GCM. Em contrapartida, isso fortalece ainda mais o serviço, trazendo também mais responsabilidade. Sabemos que eles estão aptos para realizar um trabalho ainda melhor para a população. O plano garante que os guardas podem ascender verticalmente na carreira, com metas individuais e institucionais, onde todos ganham”, explicou o titular da Semge, Thiago Dantas.

Foto: Betto Jr. / Secom

Vantagens
Entre as vantagens instituídas através da nova lei está a Gratificação por Regime Especial de Trabalho na Guarda Civil Municipal (RETGCM), que vai substituir a Gratificação de Risco e concederá um percentual de 50% do valor de vencimento. Além disso, a proposta mantém a Gratificação por Avanço de Competência, com percentual variando entre 40% e 45% do vencimento básico, levando em consideração o nível em que o servidor se encontra, dentre outras iniciativas.

O diretor da GCM, Maurício Lima, celebrou mais esta conquista da categoria. “Essa conquista nos dá a segurança de evolução e a certeza de que o guarda municipal poderá crescer e cumprir seu papel junto à sociedade. É o maior avanço da GCM desde sua criação”.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias