Professores da UNEB realizam protesto em Salvador nesta terça-feira (24)


Foto: Divulgação/ADUNEB

Professores e alunos da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) se concentraram no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, na manhã desta terça-feira (24), em protesto pela cobrança de reajuste salarial além de melhores condições de trabalho.

Segundo informações da Associação dos Docentes da UNEB (ADUNEB), o dia de mobilização faz parte da agenda nacional da Semana de Lutas das Instituições Estaduais e Municipais de Ensino Superior (IEES/IMES) e não conta com paralisação de aulas.

Na agenda da mobilização, estão inclusas aulas públicas, exposição de painéis e de livros publicados por docentes além de apresentações culturais que seguem até às 17h.

Em contato com o iBahia, a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (SAEB) falou sobre as solicitações da categoria. Segundo a nota, o estado “se manteve entre os estados que mais investiram em educação superior”.

“Ao longo dos anos, os avanços nas carreiras dos docentes são significativos, expressando o compromisso do Governo do Estado com a categoria”, afirma o secretário da Administração do Estado, Edelvino Góes.

A respeito do ajuste salarial, a SAEB defende que os “professores das universidades estaduais tiveram ganhos superiores aos de outros servidores, oscilando entre 7,09% e 9,79%”. Além disso, afirmam que “o reajuste linear corresponde, portanto, a apenas parte do aumento efetivamente concedido à categoria. Os números deixam clara a disposição do governo de conceder o maior ganho possível ao funcionalismo”.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias

Veja também: