Restaurante citado em obra de Jorge Amado é notificado por risco de desabamento e pode ser interditado em Salvador


Foto: Reprodução/Instagram

O dono do Restaurante Colon, que fica localizado no Pelourinho, no Centro Histórico de Salvador, foi notificado pela Defesa Civil (Codesal) nesta segunda-feira (10), por risco de desabamento do imóvel onde funciona o estabelecimento.

Um dos mais antigos restaurantes da Bahia, o Colon é citado na obra do escritor baiano Jorge Amado e atualmente funciona apenas para delivery. O estabelecimento teve as portas fechadas para os clientes em 2021, após 107 anos de história.

De acordo com a Codesal, durante uma vistoria no imóvel foram constatados defeitos estruturais, principalmente nos três últimos pisos superiores.

Entre os problemas apontados em relatório do órgão, estão: rachaduras em paredes; desprendimento de elementos constituintes de paredes, em adobes e outros materiais, com panos (áreas) já desabados; desprendimento de reboco em vários pontos; apodrecimento de peças estruturais de madeiras dos pisos/assoalhos; instabilidade no telhado com cancelamento de peças de madeira apodrecidas, com risco potencial de desabamento com consequente colapso estrutural da laje de cobertura do piso térreo etc, podendo atingir seus ocupantes e clientes.

Na notificação, a Codesal orienta que sejam suspensas as atividades comerciais e que o restaurante seja evacuado imediatamente até que o risco seja extinto.

O órgão pede ainda que sejam realizados serviços de recuperação e reforço estrutural das partes instáveis do imóvel, sob a supervisão e emissão de profissional habilitado junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Conforme a Codesal, foi solicitado também o encaminhamento para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (SEDUR) para ações fiscais, incluindo a possibilidade de interdição do restaurante e imóvel.

O iBahia tentou contato com o dono do restaurante, mas não conseguiu até a última atualização desta reportagem.

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.