Salvador registrou uma tentativa de homicídio a cada duas horas neste sábado


Sete tentativas de homicídio foram registradas em Salvador das 2 horas madrugada às 16 horas deste sábado (13), de acordo com informações da Central de Polícia. A média é de uma vítima de disparo de arma de fogo a cada duas horas na capital baiana. Neste intervalo de tempo também foi registrado um homicídio, no bairro do Arenoso, por volta das 11 horas da manhã.

“São muitas ocorrências, não dá pra parar pra atender imprensa nessas horas”, desabafou um agente policial do posto policial do Hospital Geral do Estado (HGE) que não quis se identificar. Só no HGE foram encaminhadas 6 vítimas de tentativa de homicídio em Salvador e uma do município de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica.

Uma das vítimas encaminhadas para o maior hospital público de Salvador, o jovem Heverte Souza de Jesus, de 24 anos, foi baleado dentro do carro onde estava acompanhado do primo, no bairro do Nordeste de Amaralina, por volta das 15 horas. Ele foi socorrido para o HGE depois de ser atingido na coxa próximo ao supermercado Bompreço do bairro.

Já o caso de Alex Braga de Jesus, de 20 anos, é mais grave. Ele foi atingido no rosto, na barriga, nas costas e no pescoço em circunstâncias ainda não esclarecidas pela Central de Polícia. Socorrido por uma viatura da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar, Alex chegou inconsciente e em estado grave ao HGE por volta das 15h30.

Renato Santos Ramos foi o único a ser encaminhado para outro hospital após ser atingindo por disparo de arma de fogo no bairro de Plataforma às 14 horas. No Hospital João Batista Caribé, ele chegou inconsciente e ainda é desconhecida a circunstância em que foi vítima de mais uma tentativa de homicídio em Salvador.

Primeira ocorrência
A movimentação das vítimas de arma de fogo pelas emergências dos hospitais de Salvador começou ainda na madrugada, às 2h20, quando Adiel Santos de Santana, de 25 anos, foi baleado próximo a casa onde mora. A vítima, que estaria em liberdade condicional, foi socorrida pelo pai e passa bem.

Vítima de assalto na Garibaldi
Na Avenida Anita Gariladi, uma mulher foi baleada de raspão na testa por volta das 6h em um assalto a ônibus , segundo informações da Central de Polícia. De acordo com informações do posto policial do Hospital Geral do Estado (HGE), para onde Girleide Góes Silva Ricardo, de 34 anos, foi socorrida por uma viatura da polícia militar, a vítima teria pegado o coletivo da empresa Verdemar na Estação da Lapa e os bandidos anunciaram o assalto nas proximidades do Bompreço.

A vítima foi socorrida pelo soldado Câmara na viatura da Companhia da PM que cobre a área de Ondina, e passa bem.

Outras vítimas
Com exceção de Girleide, todas as outras vítimas são homens entre 17 e 25 anos. Jardel de Jesus Cruz, 25 anos, José Alberto Santos da Cruz, 17, e Alex Braga de Jesus, 20 anos, foram vítimas nos bairros de São Caetano, Boca do Rio e Matatu respectivamente.