Salvador

Salvador tem 11 praias impróprias para banho neste fim de semana

Levantamento foi feito por Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que avaliou 40 praias

Redação iBahia
13/05/2016 às 16h51

2 min de leitura
Fim de semana se aproxima e as praias da capital baiana são sempre opções de programação. Mas os banhistas soteropolitanos devem tomar bastante cuidado e atenção, afinal Salvador registra 11 praias impróprias para banho, segundo levantamento feito pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

De acordo com resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas, em cinco semanas consecutivas, apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli. É considerada imprópria, também, aquela que, na última coleta, teve resultado superior a 2.500 coliformes termotolerantes ou 2.000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 ml de água.

Ainda segundo o Inema, são nos períodos de chuvas que as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas por meio das galerias pluviais, o que pode acarretar em doenças.

Confira a lista com as praias que devem ser evitadas

Penha – situada em frente à barraca do Valença
Bogari – em frente ao Colégio da PM
Pedra Furada – atrás do Hospital Sagrada Família
Farol da Barra – em frente às escadas de acesso à praia
Rio Vermelho – próximo à escada de acesso à praia
Amaralina – no fundo da Escola Cupertino de Lacerda e em frente à rua do Balneário
Pituba – em frente à escada de acesso à praia e atrás da praça
Armação – em frente ao Hotel Alah Mar
Boca do Rio – em frente ao posto salva-vidas
Corsário – em frente ao posto salva-vidas
Patamares – em frente ao posto salva-vidas