Religião

Igrejas de Salvador terão programação especial em homenagem a São Pedro no dia 29; confira

Festejos serão encerrados com a celebração da Santa Missa campal, às 16h30, presidida pelo bispo auxiliar, Dom Marco Eugênio Galrão

Redação iBahia
27/06/2022 às 17h06

3 min de leitura
Foto: Divulgação / Amanda Oliveira

No dia 29 de junho é celebrado o dia de São Pedro e para homenagear o primeiro Papa da Igreja Católica, a Paróquia São Pedro, na Praça da Piedade, e a Igreja São Pedro dos Clérigos, no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, terão uma programação especial.

Na Parórquia, a quarta-feira (29), a programação terá início com a alvorada às 6h30, seguida de Missas pelo Papa, às 7h; pelos comerciantes, comerciários e vendedores ambulantes, às 8h; pelos viúvos e pelas viúvas, às 9h; pelos idosos e pelos doentes, às 10h; pelos aniversariantes do dia e por pessoas com o nome Pedro, às 12h; e pelas pastorais, ministérios e movimentos, às 14h30. Das 13h às 14h os fiéis participam da adoração ao Santíssimo Sacramento, e às 15h30 haverá procissão pelo centro da cidade.

Os festejos serão encerrados com a celebração da Santa Missa campal, às 16h30, presidida pelo bispo auxiliar, Dom Marco Eugênio Galrão.

Na Igreja São Pedro dos Clérigos (Terreiro de Jesus, Pelourinho, Salvador), a Irmandade São Pedro dos Clérigos também celebrará a Festa do Padroeiro no dia 29 de junho. A Santa Missa Solene terá início às 12h, e será presidida pelo bispo auxiliar, Dom Valter Magno de Carvalho.

A Celebração
A Solenidade de São Pedro e São Paulo é uma das celebrações mais importantes e antigas do calendário litúrgico, introduzida na liturgia no século II para lembrar o martírio dos dois santos. Foi colocada pela Igreja em 29 de junho para ocupar o lugar de uma antiga celebração pagã que exaltava as figuras de Rômulo e Remo, os mitos considerados fundadores da cidade de Roma. São Pedro e São Paulo foram os fundadores da Roma cristã. Pedro morreu provavelmente no ano de 64, crucificado de cabeça para baixo. Paulo morreu decapitado no ano de 67.

Na Arquidiocese de Salvador, apenas uma paróquia é dedicada a São Pedro, mas a Igreja São Pedro dos Clérigos e muitas outras comunidades paroquiais têm este santo como padroeiro. São Pedro é, ainda, padroeiro dos pescadores, porque era pescador; dos viúvos e viúvas, porque era viúvo; dos porteiros, porque Jesus Cristo lhe confiou as chaves do Reino dos céus; dos comerciantes e e comerciários, porque a paróquia está localizada no centro da cidade, em área tradicionalmente comercial.

SERVIÇO:
O QUÊ: Festa de São Pedro
QUEM: Devotos de São Pedro
QUANDO: 29 de junho
ONDE: Paróquia São Pedro (Piedade, em Salvador) e Igreja São Pedro dos Clérigos (Terreiro de Jesus, Centro Histórico de Salvador)

Leia mais sobre Salvador no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias