‘Sou da geração do forró que fala de amor em suas letras’, afirma Kiko Salli


Foto: GB Souza Fotografia

Enquanto a aposta de alguns para bombar no mercado musical é entrar na onda do amor líquido, Kiko Salli segue o caminho contrário à pegação e se mantem firme e forte em suas raízes, a do romance.

O alagoano, que há 22 anos escolheu a Bahia como casa profissional e pessoal, se prepara para lançar a faixa ‘Diz Que Vai Voltar’, sua aposta para a nova temporada e para os festejos juninos, com o São João batendo na porta após dois anos de pausa.

Para Kiko, a faixa, uma composição de Rafa Lemos, Kart Love e Matheus Kennedy, tem tudo a ver com o que ele sempre pregou em sua carreira, falar de amor enquanto faz o público dançar o dois pra lá, dois pra cá.

Segundo o artista, a canção chegou em suas mãos de uma forma curiosa. A música seria gravada para o especial de 25 anos da Colher de Pau, banda da qual foi líder nos anos 2000, porém, devido à pandemia, o projeto foi engavetado.

“Essa música chegou para mim numa época que eu ia fazer um projeto de 25 anos com a Colher de Pau, antes da pandemia. Mas logo em seguida veio a pandemia, os 25 ficou para trás, já estamos nos 27. A música ficou guardada lá comigo e eu pensei ‘um dia eu vou tirar ela da caixa'”, conta.

Foto: Reprodução/ Instagram

A oportunidade de lançar a música veio com o retorno das festas com a flexibilização proporcionada pela estabilidade nos casos de Covid-19 na Bahia e no país.

“Ela tem tudo a ver comigo, ela é melódica, tem poesia, é romântica, tem letra. E eu sempre falo que sou um cantor de forró romântico, eu sou de uma geração que fala de amor em suas letras. Do forró das antigas, todo mundo sabe. Diz que vai voltar tem tudo que eu buscava em uma canção para voltar para os streamings”.

Entre os romances já cantados por Kiko, que em sua carreira teve passagens pelas bandas Catuaba com Amendoim, Mastruz com Leite, Caviar com Rapadura, Gatinha Manhosa, estão ‘Amore Mio’, ‘Natali’, ‘Flor de Avelã’.

O forrozeiro afirma que seu novo single é exatamente o que o público precisa ouvir agora: “Gravamos um clipe aqui em Salvador, no estúdio. Foi bem simples, eu sozinho, mas passando bem a mensagem da música, que é exatamente o que a gente precisa ouvir agora, de amor”.

Leia mais sobre São João em iBahia.com e siga o Portal no Google Notícias

Veja também: