Saúde

6 dicas de hábitos para manter a dieta durante a quarentena

Agora, se a vontade apertar muito, se permita. Você também é filha(o) de Deus, e nesse momento merece um pouco de auto-compaixão

Redação iBahia
- Atualizada em

A quarentena mudou completamente a rotina das pessoas, mas é importante retomar as rédeas da situação. Especialmente no que diz respeito a saúde. O nutricionista Haroldo Lordello falou com o iBahia e deu algumas dicas importantes para você manter o equilíbrio. 

1- Estabeleça e cumpra uma rotina

Em momentos de desânimo e baixa motivação, a disciplina deve prevalecer. Determine horários para executar cada atividade ao longo do seu dia e inclua os horários para alimentação e exercícios.

2- Crie grupos motivacionais de amigos e familiares

Se você não consegue se motivar sozinha(o) criar compromisso com outras pessoas pode ser fator determinante para te dar a disposição que você tanto precisa agora. Crie desafios curtos entre os participantes (ex: 10 dias de cardio na escada), e sempre que uma meta for atingida, estabeleça logo a próxima.

3- Não fique de pijama o dia todo

Uma das primeiras coisas que você deve fazer é arrancar o pijama assim que acordar. Isso vai ajudar o seu cérebro a entender que o dia começou de verdade, e que não é um dia de folga ou da preguiça. Por isso, acorde, tome um banho e coloque uma roupa confortável. Se estiver de home-office sugiro que se vista exatamente como se estivesse indo ao trabalho. Eu mesmo passo até perfume nos dias em que tenho atendimento on-line, rs. Mas nada de pijama.

4- Tenha momentos de pausa

Esse momento é muito novo, e surgiu muito rápido, mudando nossa vida da noite para o dia. E se você mora sozinha(o) ou acompanhada(o) é muito importante que tenha os seus momentos de parada, de quietude. Assim você vai organizar melhor as ideias e os sentimentos, e vai lidar muito melhor com todas essas mudanças. Por isso, separe ao menos 30min do seu dia para ficar só, em um ambiente tranquilo e aconchegante, fazendo coisas que gosta como ler um livro, ouvir uma música, ver o episódio daquela série que você curte, ou até mesmo em silêncio, sem fazer nada. O importante é ter um tempo só para você.

5- Não seja um refém das notícias

É claro que é preciso estar informada(o) sobre os acontecimentos e o desenrolar dessa doença tanto aqui no Brasil como no mundo. Mas você tem que concordar que os telejornais tem tratado as informações de forma apelativa para capturar a sua audiência, e que isso tem te afetado muito e contribuído para que você não se sinta bem com tudo isso.

Outro ponto é que você não precisa ver todos os telejornais para se informar. Basta um. Por isso, escolha apenas um horário no dia para ter acesso as notícias. Assim o impacto delas sobre você será muito menor. Eu mesmo só tenho visto telejornais uma vez por semana, e isso tem me ajudado bastante.

6- Faça compras saudáveis

De nada adiante cuidar das emoções, do sono e praticar exercícios se a sua alimentação não tiver qualidade e equilíbrio. E o perigo começa no supermercado. Afinal, se não tiver na dispensa a gente pensa duas vezes antes de comer, não é mesmo?

Por isso busque realizar a compra de alimentos saudáveis. Se você tiver em casa aquele chocolate, biscoito ou lata de leite condensado, é claro que você vai tratar de comer ou transformar isso numa deliciosa (e perigosa) sobremesa.

Agora, se a vontade apertar muito, se permita. Você também é filha(o) de Deus, e nesse momento merece um pouco de auto-compaixão. Só não vá confundir compaixão com irresponsabilidade alimentar, viu?