Saúde

Consumo de cerveja pode ajudar na criatividade, afirma estudo

Álcool pode ser efetivo na busca por novas alternativas de respostas

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
Deu aquela travada escrevendo um artigo para a faculdade? Não consegue terminar aquele relatório para entregar na segunda-feira ao chefe? Uma taça de vinho ou aquele copinho de cerveja podem ajudar você a clarear a mente. Segundo um estudo austríaco publicado no periódico Consciousness & Cognition, o álcool pode estimular seu senso criativo.

Para obter este resultado, a pesquisa dividiu os participantes em dois grupos: os que bebem e os que não bebem. Com isso eles perceberam que as pessoas que consomem álcool de forma moderada foram capazes de apresentar respostas mais criativas aos problemas apresentados pelos pesquisadores.

Mas como nem tudo são bônus, o estudo provou que este mesmo grupo obteve um menor controle cognitivo e menos foco na realização das tarefas. De acordo com Mathias Benedek, responsável pela pesquisa, o resultado está ligado ao efeito do álcool no cérebro.

Segundo o pesquisador, quando estamos concentrados em uma tarefa nossa mente trabalha até encontrar uma solução, com o álcool a mente pode demorar um pouco mais para finalizar a tarefa, porém nos dará mais alternativas como respostas. Não vá exagerar! Benedek aponta a utilidade do álcool em um momento de brainstorm, de construção de um projeto e não em horário de trabalho.