Saúde

Saiba para que serve o sal amargo e seus benefícios

Segundo a nutricionista Giovana Morbi, o sal amargo atua no tratamento de focos de inflamação

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Já ouviu falar de sal amargo? O mineral composto por sulfato de magnésio pode trazer diversos benefícios à saúde. Ele pode ser usado no preparo de refeições, banhos e massagens terapêuticas. 

Segundo a nutricionista Giovana Morbi, da Taeq, o sal amargo atua no tratamento de focos de inflamação, na regulação do intestino e na prevenção da prisão de ventre. Além disso, por possui ação anti-inflamatória e pode ser usado como esfoliante para rosto e corpo. 

A especialista aponta ainda para outros benefícios do sal amargo - ação detox e auxiliar no tratamento de artrite, tendinite e dores musculares - e que o alimento deve ser consumido com moderação, pois por não conter sódio em sua composição - ele não é indicado para substituir o sal comum no dia a dia de cozinha. 

O sal amargo tem a fama de ser um alimento emagrecedor, mas a nutricionista pontua que não existe alimento que seja responsável sozinho pela perda de peso. O que é possível, na verdade, é incluir na dieta ingredientes com propriedades detox, diuréticas e termogênicas que contribuem para o bom funcionamento do metabolismo e, consequentemente, para a queima de gordura corporal.

Ele tem uma forte ação laxativa no organismo. No entanto, na prática, esse tipo de sal apenas ajuda a eliminar água do organismo e a regular o intestino.

Antes de inserir o alimento na sua rotina, o ideal é consultar um profissional de nutrição.