Clarice Niskier fala da 'sagrada desobediência' em A Alma Imoral


Depois de estrear em Salvador no ano de 2012, o espetáculo ‘A Alma Imoral’, escrito e protagonizado por Clarice Niskier, retorna à capital baiana para mais uma temporada de apresentações. Em cartaz no Teatro Jorge Amado, na Pituba, de hoje a 1º de junho, a peça explora temas como a desobediência e a transgressão.

Adaptação do livro homônimo de Nilton Bonder, Clarice conta que a ideia da montagem surgiu em 2002: “Estive em um programa de TV para divulgar um trabalho. Durante a entrevista, disse que era judia/ budista. Aquilo causou estranheza, recebi um fax dizendo que ‘era um absurdo’. Nilton estava presente e me acolheu com tolerância e me deu o livro. Assim que li quis adaptar para o teatro”.

Veja também:
Centenário de Irmã Dulce: imagem de João Paulo II integra comemorações
Coletivo leva às ruas de Salvador performance sobre construção do feminino
Advogados de Roberto Carlos avaliam novo livro

Ela conta que foram dois anos de estudo antes de chegar ao texto final, que está em seu 16º tratamento. Quase oito anos em cartaz com o mesmo projeto, a atriz nunca se cansou das incontáveis sessões que realizou para as cerca de 180 mil pessoas, e diz que sempre faz questão de ensaiar antes de encarar o público. “Ensaio sempre. O ensaio não é para ficar repetindo marca, mas para compreender o que estou fazendo. É voltar para a base. Por mais domínio que eu tenha da peça, tenho que ter o primeiro contato afetivo com o público e o espaço”.

Com 32 anos de carreira, Clarice Niskier já trabalhou em várias novelas e séries televisivas, como ‘Ciranda de Pedra’, ‘Araguaia’, ‘Macho Man’ e ‘As Brasileiras’. Para ela, TV e teatro representam universos completamente diferentes. “Na TV, a obra é fragmentada. Em novela, o ator não tem controle nenhum sobre a peça. Tenho muito mais afinidade com o teatro, acho que não tenho vocação para a TV”.

Depois de Salvador, ‘A Alma Imoral’ passa por Teresina, Rio de Janeiro e São Paulo, onde fica em cartaz até o mês de dezembro. Com a carreira indo de vento em popa, Clarice está gravando um filme roteirizado por Marcelo Rubens Paiva e em junho participará das gravações de uma série da HBO.
Informe-se mais sobre o espetáculo

*Com supervisão e orientação de Márcia Luz.