Elenco de 'Inimigas de Infância' fala sobre espetáculo; confira


Duas garotas com personalidades diferentes e declaradas inimigas no colégio. Brigas, provocações, discussões e competição. Este é o início da história de Victória “a intelectual” e Marcela “a popular”, protagonistas do espetáculo “Inimigas de Infância”.

A peça chega em Salvador nesta sexta-feira (22) com os atores Josie Pessôa, Luana Xavier e Daniel Rocha. “A história é de duas amigas/inimigas de infância que tiveram vários problemas na adolescência de convivência, comum nessa fase da vida, principalmente com as meninas. Após seguirem por caminhos diferentes, Marcela e Victória se encontram na vida adulta e decidem ‘acertar as contas’. É uma comédia, mas emociona muito o público”, explica a atriz Luana Xavier.

Em entrevista ao iBahia, os atores falaram sobre a peça e a relação com o público de Salvador. (Foto:Reprodução/Instagram)

Daniel Rocha entra em cena nos papéis masculinos da trama – pai, irmão, namorado, marido – e  repete o par romântico da novela Império com Josie Pessoa. Sobre o enredo da montagem, o ator garante não existir entre os homens. “Não tem essa competição. Homem gosta de se reunir para jogar futebol”, diz Daniel.

Josie não se recorda de ter passado por uma situação semelhante. “Comecei no teatro aos 6 anos e sempre estava viajando. Não tinha tempo para criar inimizades, mas tenho muitas amigas de infância”, conta, aos risos. Sobre a relação com Salvador, todos foram unânimes e citaram a maior festa de rua do planeta: carnaval. “Na primeira vez, fiquei enlouquecida. Aos 14 anos, apresentava um programa no Rio de Janeiro sobre micareta e cobri as festas de todo o Brasil. Me apaixonei quando cheguei aqui [Salvador] e gosto da música baiana”, fala Josie.

Além do Carnaval, Daniel já apresentou outras peças na capital e ressalta a interação e participação do público, tido por ele como único. “A plateia interage, responde, ri de tudo e é autora também, sempre soltam frases que conseguimos encaixar na peça. Isso só existe no nordeste. É muito gostoso e engraçadíssimo”. Já Luana é quase baiana e também apresentou outros espetáculos aqui. “Meus avôs são de Salvador e fico até mais nervosa por ter os parentes na plateia,” conta.

O espetáculo estará em cartaz no Teatro Sesc Casa do Comércio até domingo. 

Os atores convidaram o público a comparecer ao espetáculo e falaram sobre a importância da valorização do teatro. “Em outros países encontramos filas, ingressos esgotados e um interesse maior para o teatro. Estamos perdendo isso culturalmente. É necessário valorizar o que é nosso, nossa arte e artistas” pede Daniel. Josie garante que a peça vale ser incluída na programação do fim de semana. Não perca! As sessões serão sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 20h. Os ingressos para a sexta custam R$ 60 e R$ 30 (meia); sábado e domingo: R$ 70 e R$ 35 (meia).  As apresentações irão acontecer no Teatro Sesc Casa do Comércio, em Salvador. * Com edição e supervisão de Rafaele Rego