Menu Lateral Buscar no iBahia Menu Lateral
iBahia > bahia
Whatsapp Whatsapp
BAHIA

Área do Arquivo Público da Bahia é leiloada em lance único por R$ 13,8 milhões

Procuradoria da Bahia (PGE) entrou com recurso e Justiça tem que se manifestar sobre leilão

Redação iBahia • 17/10/2022 às 18:29 • Atualizada em 17/10/2022 às 22:10 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Área do Arquivo Público da Bahia é leiloada em lance único por R$ 13,8 milhões
Foto: Carol Garcia/GOVBA

A área que abriga o Arquivo Público do Estado da Bahia (Apeb), em Salvador, foi leiloada nesta segunda-feira (17). O local, que fica na área da Quinta do Tanque, recebeu o lance único ofertado, da cidade de Petrolina, em Pernambuco, no valor de R$ 13,8 milhões.

De acordo com a TV Bahia, a procuradora geral adjunto para assuntos jurídicos sobre o leilão do Arquivo Público da Bahia, Bárbara Camardelli Loi, afirmou que a Justiça ainda tem que se manifestar sobre a validade do leilão.

Leia mais:

A Procuradoria da Bahia (PGE) entrou com um recurso, onde se posiciona contra a penhora do bem a realização do leilão.

O motivo é que o terreno, que inclui o prédio onde fica o Arquivo Público, é um dos itens penhorados em um processo judicial da Bahiatursa, superintendência estadual do fomento ao turismo.

Leilão

Segundo a PGE, o recurso permanece sem decisão por parte do Tribunal de Justiça (TJ-BA). O PGE pediu que o juiz reveja a decisão sobre a validade do leilão, analisando as questões trazidas.

A PGE ainda afima que o Estado não participou do leilão pois considerou o valor do lance único inicial exorbitante. Além disso, diz que o cálculo não foi feito de forma correta.

Conforme a procuradora, foi calculada "pela atualização de antigos valores históricos, distanciando-se do efetivo valor de mercado do bem".

De acordoc com o g1 Bahia, a representada da PGE diz que a diferença entre o valor estabelecido para lance e valor real, equivale a cerca de R$ 5 milhões. Ou seja, o Estado cemeteria improbidade administrativa com dados erário caso participasse.

O Estado ainda reforçou, por meio da PGE, que trabalham para manter o imóvel como um bem público e que ele não deixará de ser a sede do Arquivo Público. O acervo permanece no local.

Leia mais sobre Bahia no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BAHIA :

Ver mais em Bahia