Brasil

Engenheiros que prestaram serviço à Vale são presos em São Paulo

Ações são parte de uma operação que também se desenvolve em Minas Gerais

Agência O Globo

Foram presos, nesta terça-feira, engenheiros que prestaram serviços à Vale do Rio Doce e atestaram a segurança da barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), que se rompeu na última sexta-feira. Os mandados de prisão, expedidos pela Justiça Estadual de Minas Gerais, foram cumpridos por equipes da do Ministério Público de São Paulo e da Polícia Civil daquele estado. As informações são do G1.

De acordo com o site, a prisão dos engenheiros ocorreu nos bairros de Moema e da Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo. As ações são parte de uma operação que também se desenvolve em Minas Gerais e são coordenadas por promotores do núcleo da capital do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP de São Paulo, e pelo Departamento de Capturas (Decade) da Polícia Civil paulista.

Na noite de segunda-feira (28), a Defesa Civil de Minas informou que havia 65 mortes confirmadas e 279 desaparecidos em Brumadinho. As buscas por mais vítimas da tragédia recomeçam nesta terça-feira.