Brasil

Segurança ateia fogo em creche e deixa mortos em cidade mineira

Moradores à porta da unidade dizem que suspeito havia sido demitido da unidade recentemente

Agência O Globo
- Atualizada em

Um segurança ateou fogo em uma creche municipal de Janaúba, no Norte de Minas Gerais, e deixou ao menos quatro mortos. Segundo a Polícia Militar, o homem colocou fogo no próprio corpo e em crianças. Moradores à porta da unidade dizem que ele havia sido demitido da unidade recentemente.

A Polícia Militar, que mobilizou até agentes em treinamento para a ocorrência, confirma quatro crianças mortas até o momento. Várias outras estão com graves queimaduras, segundo a corporação. Já os bombeiros falam em seis mortos.

Também há pelo menos uma professora ferida. O vigia foi levado para o hospital em estado grave. Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra a revolta de moradores na porta da creche.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência se dirigiram ao local para prestar socorro aos feridos. O Hospital Regional de Janaúba trata vítimas do incêndio, mas o diretor assistencial da unidade, Helton Ricardo Mendes, ainda não sabe definir quantas.

"As crianças estão sendo transferidas para a área da pediatria, e os adultos estão sendo atendidos aqui", disse.

Sobre uma corrente que está circulando nas redes sociais de que o hospital necessita de mais profissionais de saúde, Mendes negou que seja um pedido feito por eles.

"Estamos com a equipe ok para atender os feridos. Estão à disposição 30 médicos, 30 enfermeiros e 50 técnicos de enfermagem", explicou.