Menu Lateral Menu Lateral
iBahia > brasil
CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
BRASIL

Quase um mês após morte de Erasmo Carlos, viúva desabafa: 'Mistura de dor e fracasso'

No Instagram, Fernanda escreveu uma carta para o marido, falando sobre a dor que está sentindo com a sua ausência

Redação iBahia • 17/12/2022 às 15:12 - há XX semanas

Google News siga o iBahia no Google News!

				
					Quase um mês após morte de Erasmo Carlos, viúva desabafa: 'Mistura de dor e fracasso'
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fernanda Esteves, viúva de Erasmo Carlos, desabafou nas redes sociais neste sábado (17) sobre a falta que sente do cantor. O artista morreu no último dia 22, aos 81 anos.

No Instagram, Fernanda escreveu uma carta para o marido, falando sobre a dor que está sentindo com a sua ausência. “Bom dia, meu amor. Hoje acordei estranha, parecia que tinha um buraco no meu coração”, começou.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Leia mais:

Fernanda publicou uma foto de Erasmo comendo um marshmallow e escreveu um grande e emocionado textol. “Uma mistura de dor, fracasso, vergonha, medo, tristeza, angústia e desespero. É uma sensação física, parecida com fome, quando tem um espaço a ser preenchido… quando temos fome comemos e passa, mas esse vazio… Ah meu amor, não existe acesso para alcançar esse vazio, não dá para saciar um coração que falta um pedaço”.

“Ontem saí com a Vic e com Ka… foi bom ter contato com pessoas que estiveram tão próximas a nós dois nesse final. Falar e ouvir delas sobre detalhes… tudo me pareceu mais próximo e me fez sentir menos falha. Elas se lembram de coisas que eu estava com medo de esquecer, meu amorzinho… que medo de esquecer da sua ternura que durou até o fim, que angústia pensar que não fui o suficiente", completou.

Erasmo Carlos morreu aos 81 anos no dia 22 de novembro. O artista passou os últimos momentos ao lado da esposa no Hospital Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio.

Em meados de outubro, enfrentou uma síndrome edemigênica, que causa acúmulo de líquido nos tecidos do corpo, provocando edemas, inchaços. A síndrome é consequência de problemas em órgãos como fígado, rins e coração.

No dia 2 de novembro, o artista comemorou a alta após duas semanas de internação, mas o estado de saúde se agravou, ele voltou no mesmo dia para o hospital e precisou ser intubado.

Leia mais sobre Brasil no iBahia.com e siga o portal no Google Notícias.

Venha para a comunidade IBahia
Venha para a comunidade IBahia

TAGS:

RELACIONADAS:

MAIS EM BRASIL :

Ver mais em Brasil