Coronavírus

O que é o novo coronavírus (SARS-CoV-2)

No final de 2019, o novo coronavírus (SARS-CoV-2) provocou uma nova doença denominada covid-19. Os primeiros casos foram registrados na China

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Os coronavírus são pertencentes a uma família viral de microrganismos que os cientistas tomaram conhecimento em 1960, quando ocorreram as primeiras infecções respiratórias em animais e humanos.

Na maioria das vezes, este tipo de vírus causa doenças respiratórios leves e moderadas. Porém, em 2012, tipos de coronavírus causaram doenças que impactaram gravemente a saúde pública: a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

No final de 2019, o novo coronavírus (SARS-CoV-2) provocou uma nova doença denominada covid-19. Os primeiros casos foram registrados na China. A doença espalhou-se por todo o mundo e contaminou, até o momento, mais de 100 milhões de pessoas e causou, até agora, 2 milhões de mortes.

Como ocorre a contaminação
Uma pessoa pode ser contaminada pelo novo coronavírus ao entrar em contato com outra pessoa que está infectada com a doença. O vírus se propaga principalmente através de gotículas que saem do nariz ou da boca da pessoa infectada ao tossir, falar ou espirrar.

Por este motivo, é de suma importância aderir ao isolamento social, manter o distanciamento de, pelo menos, um metro e meio de outras pessoas e usar máscaras todo o tempo.

As gotículas também podem cair em objetos e superfícies e, por este motivo, é importante lavar as as mãos com a água e sabão ou higieniza-las constantemente com álcool em gel 70º.

Principais sintomas
Os sintomas são similares a das doenças respiratórias, mas também podem causar inflamações mais graves, como pneumonia. Os principais sintomas da covid-19 são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar;
  • Perda de olfato e paladar;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta;
  • Diarreia


Métodos de prevenção

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Usar máscaras, mesmo que caseiras;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Mão compartilhar itens de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Manter o distanciamento social;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
  • Deslocamentos/viagens não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
  • Quem viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), além de evitar a circulação em mercados de animais e seus produtos

A matéria foi feita com base nas informações divulgadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab)